Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Coreia do Sul planeja usar Tecnologia Blockchain no Setor Militar para aumentar confiabilidade

aviao militar blockchain

Através de um comunicado de imprensa, a agência sul-coreana encarregada de aquisições militares lançou um projeto-piloto baseado na tecnologia blockchain destinado a melhorar as operações comerciais no setor de defesa.

De acordo com o anúncio, o objetivo é melhorar a confiabilidade dos dados na indústria militar, impedindo a alteração ilegal de dados comerciais.

Assim, todo o processo de aquisições, desde as propostas iniciais até a avaliação final, seriam registrados no blockchain. Isso aumentaria a “credibilidade” das operações de compras da defesa.

Além disso, o gerenciamento do envio de propostas de negócios seria automatizado, eliminando a “inconveniência” do processo tradicional de documento em papel.

Kim Tae-gon, diretor sênior de planejamento e coordenação da DAPA, disse que o projeto faz parte do plano da agência de implantar blockchain nos sistemas de negócios de defesa e fornecer serviços públicos inovadores.

Várias outas agências governamentais sul-coreanas têm experimentado blockchain no setor público no último ano.

Em setembro passado, a Agência Coreana de Internet e Segurança (KISA), disse que dobraria o número de projetos de blockchain no setor público de 6 para 12 neste ano. A agência também disse que aumentaria o orçamento piloto de blockchain para 2019, em mais de US$ 9 milhões, além do financiamento previamente definido de US$ 9 milhões para 2018 e 2019.

Leia também: O bitcoin pode chegar a US$50.000 nos próximos anos?

 

 

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias