Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

CVM e Banco Mundial vão promover cursos de programação e blockchain no RJ

CVM e Banco Mundial vão promover cursos de programação e blockchain no RJ

blockchain banco mundial e cvm

Com o apoio da Blockchain Academy e Cosmos Blockchain, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e o Banco Mundial (Bird), estão lançando um projeto para ajudar na formação de jovens carentes para o mercado de trabalho, publicou o site Notícias Uol na última segunda-feira (15). 

O projeto, que terá início no fim de abril, chamado de Programe o Seu Futuro, contará com dois cursos de formação para 120 jovens de Acari, zona norte do Rio de Janeiro.  

De acordo com a assessoria de imprensa da CVM, uma autarquia vinculada ao Ministério da Economia, responsável pela regulação e fiscalização do mercado de capitais, uma academia de programação e de blockchain será construída na região da Pavuna, Rio de Janeiro.  

Para o Banco Mundial, programas de formação na área tecnológica podem mudar o futuro de jovens carentes.  A iniciativa tem o objetivo de capacitar esses jovens a respeito das tecnologias emergentes no mundo, fazendo com que tenham um melhor entendimento para resolução de problemas e na linguagem digital. 

No primeiro curso, a educação financeira é um elemento central das aulas e visa complementar a formação dos jovens com competências específicas do mundo do trabalho. Já o segundo, oferece a formação em áreas técnicas, que são grande parte das demandas.

Atualmente, existem 48 mil vagas abertas no Brasil apenas no setor de tecnologia, sem profissionais qualificados para ocupá-las, levando a uma perda potencial de R$ 115 bilhões para as empresas nacionais, segundo a revista Forbes. 

“O projeto se insere como um piloto que, se bem-sucedido, será ampliado dentro da estratégia de levar a quem mais precisa a possibilidade de mudança de sua realidade, pavimentando o caminho para uma sociedade de investidores”, disse o superintendente de Proteção e Orientação ao Investidor da CVM, José Alexandre Vasco. 

O Departamento de Avaliação de Impacto do Banco Mundial irá acompanhar o projeto, que também contará com o apoio do Centro de Integração Empresa-Escola, Instituto Sicoob e Banco Maré, além da Blockchain Academy e Cosmos Blockchain. 

Caso tenham interesse em participar do projeto, instituições podem se credenciar pelos e-mails [email protected] e [email protected].

Leia também: Adoção de tecnologias como a Blockchain no Brasil

 

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias