Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

5 maneiras de aumentar sua privacidade ao usar criptomoedas

5 maneiras de aumentar sua privacidade ao usar criptomoedas

privacidade criptomoeda bitcoin

A palavra ‘privacidade’ perde cada vez mais a força na era da Internet. Cada ação online resulta em dados obtidos por diversas plataformas, o que representa um grande incômodo para os entusiastas de criptomoedas.  

É possível assumir que, em um futuro próximo, o estado será capaz de construir uma imagem altamente detalhada das atividades dos atuais usuários de criptomoeda. Aqui estão cinco maneiras de aumentar sua privacidade, em uma lista criada pelo News Bitcoin. 

 

Tenha um e-mail só para criptoativos

Separar seus e-mails relacionados à criptoativos dos e-mails comuns é um grande benefício caso um hacker invada sua conta principal. Além disso, para garantir a proteção de seus criptoativos, o usuário pode utilizar um e-mail completamente criptografado, como o serviço de e-mail Tutanota.

 

Guarde suas chaves e códigos offline

Armazenar os códigos 2FA de backup para as contas de trading e chaves privadas para carteiras de criptomoedas é muito importante. No entanto, muitas pessoas acabam colocando os códigos em pastas aleatórias em seu computador, ou até mesmo salvando na nuvem, o que torna o trabalho de hackers muito mais fácil.

Mesmo que as pastas estejam criptografadas, ainda existe a possibilidade de serem invadidas. Nesse caso, é mais seguro escrever os códigos, dividi-los em partes e escondê-los em vários lugares seguros.

 

Use VPN

Com uma VPN, haverá uma camada adicional de privacidade ao fazer login nas exchanges. A ferramenta também vai mascarar o endereço IP associado a transações de Bitcoin.

Muitas pessoas acreditam ser necessário algum nível de conhecimento técnico para usar uma VPN, no entanto, a maioria dos VPNs podem ser rapidamente configurados em alguns cliques. Atualmente, navegadores desktop e Android do Opera oferecem a ferramenta.

 

Sempre embaralhe suas criptomoedas

Possuir criptomoedas armazenadas com segurança em uma carteira de hardware cujo backup foi feito e que não podem ser vinculadas à sua identidade é um grande passo para o aumento da privacidade do usuário. 

Ofuscar a origem de suas criptomoedas ficou muito mais fácil com serviços como o Cashsuffle para BCH, ou Coinjoin, incorporada a carteiras pró-privacidade como a Wasabi para BTC.

 

Pare de reutilizar endereços

Embora a criação de um novo endereço de bitcoin seja gratuita, instantânea e aumente a segurança, mais da metade de todas as transações de bitcoin envolvem endereços que foram usados anteriormente, o que diminui a privacidade do usuário.  

Ao notar uma carteira ou plataforma que não permita a criação de um novo endereço, deixe de usá-la.  

Leia também: Novo projeto de lei sobre criptoativos é apresentado na Câmara dos Deputados

 

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias