Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Carrefour passa a usar blockchain para rastrear carne; consumidores terão acesso a informações sobre lote

Carrefour passa a usar blockchain para rastrear carne; consumidores terão acesso a informações sobre lote

carrefour carne blockchain

A tecnologia blockchain está sendo implantada pelo Carrefour. Esta é sua primeira linha gastronômica com rastreamento utilizando a tecnologia e permitirá aos consumidores acesso a dados sobre a procedência das carnes, informou a Folha em publicação nesta terça-feira (23). 

Com o uso da blockchain, casos de fraude como os expostos pela Operação Carne Fraca em 2017, que denunciou um esquema de corrupção na fiscalização de carnes pelo país, podem ser evitados. 

A iniciativa foi desenvolvida no Carrefour da França e agora está sendo implantada no Brasil. O objetivo da empresa é possibilitar que o consumidor tenha um panorama completo do processo de produção ao adquirir o produto. 

Inicialmente, os consumidores do estado de São Paulo poderão usar o celular para escanear um QR code no rótulo de cada produto para obter acesso a informações específicas dos lotes de peças suínas. 

As informações incluem origem do lote, localização da fazenda, modo de criação, atualizações veterinárias e condições de abate e de transporte. 

Até 2022, a empresa planeja implementar a tecnologia em uma linha de carnes, peixes, ovos e frutas. 

Implantação da blockchain no Carrefour da França

Em junho de 2018 o grupo lançou um comunicado informando sobre o uso da tecnologia com uma de suas linhas de produtos animais, o frango Carrefour Quality Line Auvergne. 

“Tornar-se o líder da transição alimentar para todos é o objetivo que Alexandre Bompard estabeleceu para o grupo Carrefour. O uso da tecnologia blockchain é um passo exemplar para atingir esse objetivo”, disse Laurent Vallée, secretário geral do Carrefour e responsável pela qualidade e segurança alimentar. 

Leia também: Veículos autônomos com tecnologia blockchain estão sendo desenvolvidos em projeto na Universidade de Nevada

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias