Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bitcoin: Em novo golpe, criminosos estão se passando por agentes da polícia para persuadir vítimas

Bitcoin: Em novo golpe, criminosos estão se passando por agentes da polícia para persuadir vítimas

golpe bitcoin phishing

Golpistas estão se passando por policiais em chamadas de telefone para persuadir as vítimas a lhes enviarem bitcoins, publicou o departamento de polícia de Berkeley, nos Estados Unidos. 

Na publicação, o departamento chama o crime de “fraude cibernética” e conta que golpistas tentaram manipular uma mulher por telefone. Os criminosos até ligaram para vítima do número 911 (número de emergência da polícia nos EUA). 

Na ligação, disseram à vítima que ela estava sob investigação por tráfico de drogas e deveria dar todo o dinheiro em sua conta bancária para evitar a prisão. A quantia deveria ser enviada em bitcoin. 

“Na última quinta-feira, uma jovem recebeu um telefonema de uma pessoa que afirmava ser um “Oficial Neil Matthew” com a Polícia de Berkeley (o oficial não existe no departamento). De acordo com o identificador de chamadas, a ligação veio de 510-981-5900 (número não emergencial listado da BPD)”, diz a publicação. 

“O golpista repetidamente ligou para a mulher de vários números, incluindo o 911. Eles descobriram maneiras de mascarar seus próprios números de telefone com números oficiais no seu identificador de chamadas.” 

Segundo o FBI, mais de US$ 7 bilhões foram pagos para golpistas nos EUA desde 2014. A agência recebeu mais de 1.5 milhão de reclamações. Pessoas com mais de 50 anos são as preferidas dos criminosos. 

Criminosos pedem resgate em Bitcoin em golpe de sextorsão

Outra tática de phishing recentemente usada pelos criminosos para conseguir bitcoins é a prática de sextorsão — onde a vítima recebe ameaças de exposição de suas supostas fotos ou vídeos sexuais na Internet. 

O esquema consiste em um e-mail que é enviado à vítima com um documento compactado anexo e uma mensagem dizendo que o computador do usuário foi hackeado e que vídeos teriam sido registrados pela webcam enquanto a pessoa acessava sites pornográficos. 

Além disso, o e-mail também afirma que a lista de contatos da vítima foi roubada e pede que ela pague um resgate em bitcoins para liberar a senha do arquivo zip e evitar que o material seja enviado para todos os contatos da pessoa. 

Leia também: Criminosos pedem resgate em Bitcoin em novo golpe de sextorsão

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias