Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Forbes: Os governos poderiam acabar com o Bitcoin?

Forbes: Os governos poderiam acabar com o Bitcoin?

governo e bitcoin

Em uma matária publicada pela forbes, o economista Saifedean Ammous, que é mais conhecido como o autor de The Bitcoin Standard: A Alternativa Descentralizada para o Banco Central, foi questionado em um podcast sobre um recente boletim de pesquisa que ele divulgou sobre o que seria necessário para o governo acabar com o Bitcoin.

Como sabemos, os governos podem ter várias razões para implementar uma proibição de Bitcoin. Tanto a existência de mercados obscuros quanto a proteção da moeda poderiam ser usados como justificativa para tal decisão.

Em sua resposta à pergunta de Livera, Ammous compartilhou um ponto de vista que provavelmente está em contraste direto com o que a maioria das pessoas esperaria.

Um banimento poderia gerar um efeito contrário

Ammous disse que: “As pessoas pensam que, se um governo aprovasse uma lei que proíba o Bitcoin, o Bitcoin iria embora e esse é o fim da história”, “Eu acho que é realmente o contrário.”

Ammous prosseguiu explicando que os governos que reprimem o uso do Bitcoin com regras estritas provavelmente também já serão restritivos em termos do que as pessoas podem fazer com suas próprias finanças de maneira geral. Na opinião de Ammous, a proibição do Bitcoin ilustraria que o governo está restringindo as liberdades financeiras das pessoas.

“O  uso do Bitcoin está movimentando dinheiro ao redor do mundo sem ter que se reportar ao governo”, disse Ammous. “E assim, quanto mais os governos criam restrições como essa, mais problemas eles criam, e pior fica a sua política monetária”.

Ammous acrescentou que isso deixaria ainda mais claro para as pessoas que elas não estão no controle de seu próprio dinheiro no sistema bancário tradicional.

“Se o seu banco lhe disser: ‘Você não pode comprar bitcoin usando sua conta bancária’. Isso é apenas fortalecerá o interesse das pessoas no Bitcoin”, disse Ammous.

A única alternativa do governo seria competir com o bitcoin

De acordo com Ammous, a maneira mais eficiente de os governos acabarem com o Bitcoin seria competir com ele.

“A maneira de eles matarem o Bitcoin é criar um incentivo econômico para que o uso do bitcoin se torne irrelevante explicou Ammous. “Eles precisam oferecer uma tecnologia melhor que o Bitcoin – que pode evitar a necessidade do Bitcoin.


A Ammous acrescentou que a melhor coisa que os governos poderiam fazer em relação à concorrência com o Bitcoin é retornar a um padrão-ouro clássico e permitir mais liberdade e privacidade nas atividades financeiras individuais.

“Se você tivesse esse tipo de sistema monetário, e se você tivesse isso em todo o mundo, acho que isso minaria seriamente a demanda por bitcoin”, disse Ammous.

Ammous chegou a dizer que pode não haveria muita demanda pela Bitcoin se o mundo ainda estivesse em um padrão-ouro atualmente.

Leia também: 10 criptomoedas para ficar de olho no futuro

 
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias