Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Investidores denunciam empresa brasileira por sumir com dinheiro, o que levanta suspeita de pirâmide financeira

Investidores denunciam empresa brasileira por sumir com dinheiro, o que levanta suspeita de pirâmide financeira

f3 tech criptomoedas investimento

No que aparenta ser mais um esquema de pirâmide financeira envolvendo Bitcoin e criptomoedas, a empresa F3 Tech, que promete lucros de 60% em aproximadamente dois meses, supostamente sumiu com o dinheiro dos investidores, publicou o LiveCoins nesta segunda-feira (6). 

Vários investidores acusam a F3 Tech de não cumprir com os pagamentos e afirmam que a empresa parou de responder a e-mails e telefonemas. Eles também não conseguem localizar o casal responsável pelo negócio nas redes sociais. 

Os empresários Frederick Silva e Thainá Holanda Sodré Silva estão sendo denunciados por investidores nas redes sociais, que temem ter perdido todo o dinheiro investido. 

No site ReclameAqui, um usuário diz que a empresa, que possui escritório no bairro de Campo Grande, RJ, não paga os investidores desde dezembro. 

O CEO, Frederick Silva, até agora não se manifestou e encontra-se atualmente em Londres, postando fotos em lugares maravilhosos enquanto seus investidores passam dificuldades aqui no Brasil”, disse.

Relatos sobre o sumiço do casal e a falta de pagamentos também ocorrem na página da empresa no Facebook, que teve sua última publicação em 24 de dezembro de 2018. 

Na última sexta-feira (3), Mayara Gonzo, moradora do Rio de janeiro, publicou uma denúncia  contra o casal em seu perfil no Facebook.  

A investidora conta que todo mês a empresa oferecia 20% de lucro sobre o valor aplicado. No entanto, desde abril, a F3 Tech deixou de realizar os pagamentos para ela. 

A empresa apresentou diversas justificativas para o atraso nos depósitos e, por fim, alegou que retomaria os depósitos em junho de 2019. No entanto, a investidora conta ter descoberto que o casal fugiu com o dinheiro dos investidores. 

Estou muito revoltada, não só pelo meu dinheiro, mas também por causa das 140 pessoas que estão na mesma situação. E deve ter muito mais.” 

Esquema de pirâmide

O que leva a suspeita de que a F3 Tech seja um esquema de pirâmide financeira, é que estas são estruturadas com promessas de baixo investimento, alto retorno e sem necessidade de venda de produtos. Por fim, os investidores acabam perdendo todo o dinheiro investido. 

Lucros de 60% em apenas dois meses, como prometidos pela F3 Tech, não condizem com a realidade do mercado financeiro. 

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, afirma que ganhos elevados em curto prazo e que dificilmente se veem em investimentos tradicionais são sinais do crime. 

De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), nenhum negócio envolvendo investimento mobiliário pode apresentar lucro fixo. Diferente do que foi prometido pela empresa no caso de retorno mensal de 20% sobre o valor aplicado. 

Leia também: Homem perde mais de US$ 1,5 milhão em Bitcoin em golpe de investimentos

 

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias