Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Bitcoin em alta: Veja 3 criptomoedas que podem acompanhar o movimento

Bitcoin em alta: Veja 3 criptomoedas que podem acompanhar o movimento

bitcoin eth ada xlm

Tem sido um bom ano para o Bitcoin até agora, após a moeda se recuperar da baixa de US$ 3.500. 

Até o momento da publicação o BTC estava sendo negociado por US$ 8.076 com uma capitalização de US$ 143 bilhões do mercado. 

O mercado de criptomoedas segue tentando acompanhar seu movimento de alta, e epublicação do ZyCrypto na sexta-feira (24), o site apontou três criptomoedas que podem acompanhar a valorização do Bitcoin. 

 

Ethereum (ETH)

Ethereum (ETH)

ethereum bitcoin

Ethereum está indo muito bem em 2019, e com uma capitalização de mercado de US$ 25 bilhões, a previsão é que a criptomoeda continue atraindo instituições que invistam no projeto com base no recurso de prova de conceito. 

A plataforma descentralizada, lançada em 2015, será impulsionada pela maior demanda por moedas digitais, além de mais plataformas usadas para negociação, maior uso de contratos inteligentes e a descentralização da computação em nuvem. 

Até o momento da publicação, a ETH estava sendo negociada por US$ 252,11, com uma valorização de 84% em 2019. 

Cardano (ADA)

Cardano (ADA)

cardano bitcoin

Cardano conseguiu acordos com muitas empresas líderes para criar conscientização sobre a aplicação real da blockchain 

Com uma capitalização de mercado de US$ 2,1 bilhões, a criptomoeda, lançada em 2015, está entre os ativos atraentes para a indústria mainstream. 

A ADA também é uma plataforma descentralizada, e segue em busca de novos investidores.

Até o momento da publicação estava sendo negociada por US$ 0,08, com uma valorização de 96% em 2019. 

Stelar (XLM)

Stelar (XLM)

Com uma capitalização de mercado de US$ 2,3 bilhões atualmente, a XLM, lançada em 2014, é um protocoloco descentralizado de código aberto que está atraindo diversos investidores

A moeda pode até se tornar uma concorrente do Bitcoin com o impulso de empresas como a IBM e Deloitte. 

Nos últimos três meses, a XLM teve uma valorização de 60%, e até o momento da publicação estava sendo negociada por US$ 0,12, com uma valorização de 11% em 2019.

Leia também: Moeda do Facebook já tem nome e será lançada em 2020

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias

Mais Lidas