Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Brecha na legislação espanhola permite compra de drogas online; maioria dos pagamentos é feito em Bitcoin

Brecha na legislação espanhola permite compra de drogas online; maioria dos pagamentos é feito em Bitcoin

Uma brecha na legislação da Espanha, permite que a compra de drogas ilícitas na Deep Web não seja ilegal.

Além disso, o pagamento nessas plataformas é quase sempre feito em Bitcoin (BTC), ressaltou o Jornal O Globo, nesta segunda-feira (27). 

Nos últimos anos, houve um aumento no percentual drogas ilegais adquiridas pela Deep Web.

De acordo com o Relatório Mundial de Drogas da ONU, em 2014 eram 4,7%, no entanto, em 2018 esse número chegou a 9,3%. 

Substâncias psicoativas, como maconha, cocaína, opiáceos, haxixe e ecstasy, adquiridos na Deep Web, são entregues pelos correios sem que nem mesmo os transportadores saibam o que estão carregando. 

Na Espanha, a Lei Orgânica de Proteção Cidadã 4/2015 afrouxou a legislação do país a respeito das drogas.

 

Embora ela puna o tráfico e porte (na rua) de grandes quantidades de droga com prisão de seis anos (até 18, no caso de líderes de quadrilhas), a posse de pequenas quantidades (na rua) é apenas punível por multa.

No entanto, o texto não menciona a posse em casa ou o recebimento de drogas pelos correios para uso próprio.

Também não prevê multa ou prisão para a compra on-line de substâncias ilícitas. 

O pagamento das drogas é quase sempre feito em bitcoins, já que se trata de uma moeda descentralizada, tornando difícil controlar o fluxo de transações. 

Para exemplificar a dimensão desse mercado, podemos citar a operação SaboTor, realizada em março do ano passado pela polícia dos EUA e de outros 61 países. 

O nome faz alusão ao navegador Tor, conhecido por ser usado para explorar a deep web.

A ação resultou na apreensão de mais de US$ 4,5 milhões em bitcoins e execução de 65 mandados de busca. 

Também foram apreendidos 300 quilos de drogas durante a operação, que levou ao fechamento de 50 contas da darknet e na prisão de 61 pessoas.

Leia também: Europol apreende Bitcoin e Monero em ação que fechou dois mercados da dark web

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Receba as notícias mais importantes no seu email

Últimas Notícias

Mais Lidas