Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Estudo mostra que o Bitcoin está sendo adotado pelas massas — e isso é ótimo

Estudo mostra que o Bitcoin está sendo adotado pelas massas — e isso é ótimo

bitcoin massas investimento

O Bitcoin, que tem o mercado normalmente controlado pelas baleias, está sendo cada vez mais adotado pelas massas — e isso é ótimo. 

O analista de criptomoedas Kevin Rooke ilustrou como o número de endereços de bitcoin contendo valor superior a US$ 1 de BTC está aumentando nos últimos anos, enquanto o número de endereços contendo valores iguais ou acima de US$ 1 milhão está diminuindo, como mostram dados coletados entre o período entre novembro de 2017 e 21 de junho de 2019. 

 

“19.4 milhões de endereços contendo mais de US$ 1 em BTC. O Bitcoin está se espalhando, das baleias para as pessoas.”

Em novembro de 2017, havia 16,3 milhões de endereços de Bitcoin contendo entre US$ 1 e US$ 10. Já em junho de 2019, o número foi para 19,4 — um aumento de 19%.

Essa diferença contribui para indicar um grande aumento na adoção de BTC, apesar do processo estar acontecendo com cautela. 

Já o número de carteiras contendo US$ 10 e US$ 100 em BTC subiu 33%, indo de 3,3 milhões para 13,3 milhões durante o período estudado.

Além disso, o estudo indica que os hodlers (ou detentores de criptomoeda) que adquiriram US$ 1 ou mais em BTC, geralmente adicionam mais à carteira, e eventualmente passam a ter mais de US$ 100 em seus endereços. 

Enquanto isso, houve um aumento de 1,6 milhões para 7,3 milhões de endereços contendo entre US$ 100 e US$ 1.000. 

Em 2017, havia 2,7 milhões de carteiras com valores entre US$ 1.000 a US$ 10.000. O movimento de aumento continuou, subindo 23% em 2019. 

Na tabela, Rooke também mostra que o aumento de endereços de carteiras de BTC contendo entre US$ 10.000 e US$ 100.000 não teve um aumento tão expressivo, subindo apenas 9%, embora ainda seja um sinal positivo. 

Já no caso dos endereços contendo entre US$ 100.000 e US$ 1.000.000 ou mais, houve uma queda de 1% e 11%, nesta ordem. 

Leia também: Bitcoin dispara e chega muito perto de US$ 11.000. Seria US$ 100.000 o alvo?

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas