Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Vídeo: Multidão furiosa incendeia casa de homem responsável por pirâmide Bitcoin Wallet

Vídeo: Multidão furiosa incendeia casa de homem responsável por pirâmide Bitcoin Wallet

bitcoin wallet ponzi fraude incêndio
Imagem via Ladysmith Gazette

A casa de um homem que operou o que se acredita ser um esquema Ponzi, foi invadida e incendiada por um grupo de pessoas lesadas pela fraude em Ladysmith, na África do Sul, na quarta-feira (10).

Segundo informações do Times Live, o ex-paramédico Sphelele ‘Sgumza’ Mbatha, é a mente por trás do esquema intitulado Bitcoin Wallet, que levou seus investidores a perder milhares de rands (moeda oficial do país).

 

Bombeiros da cidade de Ladysmith foram acionados na tarde de quarta-feira para conter o incêndio, causado pelas vítimas do esquema.

De acordo com o líder do grupo, que não quis ser identificado, o grupo tomou “a lei em suas próprias mãos porque Mbatha era inacessível”.

Na noite anterior, a multidão furiosa de cerca de 1.500 manifestantes, se juntou em frente à delegacia de polícia de Ladysmith exigindo ver os funcionários da Bitcoin Wallet.

Aparentemente, o grupo havia levado os funcionários para a delegacia, antes da polícia resgatá-los do tumulto, informou o site.

Bitcoin Wallet

Bitcoin Wallet

Nos últimos meses, centenas de pessoas fizeram filas do lado de fora do escritório da Bitcoin Wallet na esperança de investir no esquema, que prometia retornos de 100% em apenas duas semanas, de acordo com o líder da comunidade.

No entanto, há quase uma semana o esquema fechou, deixando os investidores desamparados.

“Eles acreditaram que ficariam ricos”, afirmou a fonte anônima. “Eles queriam dinheiro fácil e então a realidade caiu sobre eles.”

A mente por trás do esquema, Mbatha, afirmou que o ato seria instrução do município local. No entanto, foi publicada uma declaração do município, negando a afirmação de Mbatha. 

O homem havia dito aos investidores que a empresa estava agora on-line, e que para serem pagos, eles precisariam fazer o upload de seus dados.  

Contudo, ele foi à rádio comunitária da cidade, Nqubeko FM, na terça-feira (9), afirmando que hackers haviam se infiltrado no site e roubado o dinheiro dos investidores. 

Para piorar, as vítimas do esquema não conseguiam entrar em contato com Mbatha. Segundo o líder dos manifestantes, há relatos de que o homem tenha fugido da cidade, “mas ninguém pode confirmar”.

“Toda a cidade está falando sobre o Bitcoin Wallet. É uma situação muito triste porque os pobres podem ter sido enganados”, afirmou.

Leia também: Empresa acusada de pirâmide financeira muda de nome

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias