Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisa revela horário de variações de preço mais fortes do Bitcoin

Pesquisa revela horário de variações de preço mais fortes do Bitcoin

bitcoin preço volatilidade criptomoedas

A maioria dos traders buscam saber quando acontece a maior volatilidade do Bitcoin, com o objetivo de conseguirem mais lucros.

Uma pesquisa feita pela empresa de análise de blockchain LongHash mapeou os dados da Coinbase nos últimos dois anos — de 06 de julho de 2017 a 02 de julho de 2019, para descobrir qual o horário em que o Bitcoin apresenta uma maior volatilidade. 

 

Para que a análise fosse efetiva, a empresa realizou uma revisão de altas e mínimas por hora no preço da criptomoeda.

No gráfico abaixo, o número de dias em que o preço mais alto naquela hora foi também o mais alto do dia, é mostrado em rosa. Já o número de dias em que o preço mais baixo naquele horário foi também o mais baixo do dia, está em azul.

Ao observar o gráfico, fica claro que, nos últimos dois anos, o momento de maior volatilidade do Bitcoin foi entre meia-noite e 1:00 UTC, ou seja, entre 21:00 e 22:00 no horário de Brasília. Confira:

Este horário marca exatamente o início da tarde na América do Norte e o início da jornada de trabalho na Ásia, o que sugere um ponto de intersecção entre ambos, que são dois dos principais mercados globais para as criptomoedas.

Contudo, o relatório também sugere que não há um horário “certo” para negociar Bitcoin e que os investidores comuns não deveriam tentar prever os movimentos do mercado para tomarem uma decisão sobre negociação: 

“Analisando os dados nos últimos dois anos, seria mais provável que os traders realizassem seus movimentos das 3h às 12h UTC, período geralmente no qual as máximas e mínimas são definidas, no entanto, as diferenças são pequenas o suficiente para não ser sensato se prender a elas afim de orientar as operações”, diz a análise.

Leia também: PF pede ajuda de hackers em investigação contra Indeal, Unick Forex, FX Trading e outras empresas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas