Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Elon Musk apoia candidato pró-cripto à presidência dos Estados Unidos — mas não se trata de McAfee

Elon Musk apoia candidato pró-cripto à presidência dos Estados Unidos — mas não se trata de McAfee

elon musk andrew yang criptomoedas bitcoin eua
Foto: Frederic J. Brown/AFP

Elon Musk, o CEO da famosa empresa norte americana Tesla Motors, declarou apoio à campanha de Andrew Yang, entusiasta das criptomoedas, para a presidência dos Estados Unidos em 2020.

No último sábado (10), o CEO da fabricante de carros elétricos respondeu à uma publicação de Yang no Twitter.

A publicação, que havia sido citada na conta do podcast Hardcore History, do comentarista político Dan Carlin, dizia o seguinte:

 

“Eu não espero que as pessoas concordem comigo em tudo — isso seria estranho. Minha maior esperança é que as pessoas confiem que eu estou tentando resolver problemas e estou aberto para diferentes abordagens — particularmente se os dados forem para uma direção em particular. Mudar de ideia não é uma coisa ruim”, afirmou o candidato à presidência.

Em resposta, Musk, que já disse que o Bitcoin tem uma estrutura “brilhante”, declarou: “Eu apoio Yang”.

O candidato democrata já se mostrou favorável às criptomoedas em muitas ocasiões, ao contrário do atual presidente Donald Trump, que em junho deste ano declarou não ser um fã do bitcoin e outras moedas digitais, além de criticar os criptoativos.

Yang, por sua vez, é visto como um candidato amigável às moedas digitais, pedindo por regulamentos claros para que a indústria de criptomoedas possa crescer nos EUA.

Além disso, o candidato é o único a aceitar doações em criptomoedas para despesas em sua campanha.

Andrew Yang

Andrew Yang

O norte-americano de 44 anos é graduado em Direito e em 2011 criou a Venture For America, uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de “criar oportunidades econômicas em cidades americanas, mobilizando a próxima geração de empreendedores”. O programa oferece uma bolsa de dois anos para recém-formados. 

Em seu anúncio político, Yang afirma que “o investimento em criptomoedas e ativos digitais superou em muito os nossos marcos regulatórios nos EUA.”

"Devemos permitir que investidores, empresas e indivíduos saibam o que o panorama e o tratamento estarão avançando para apoiar a inovação e o desenvolvimento.”

E inovação por acaso é o tópico que mais interessa Elon Musk, que embora ainda não tenha declarado um investimento específico em criptomoedas, já afirmou que as moedas digitais são “uma maneira muito melhor de transferir valores do que os pedaços de papel”.

Leia também: Na Nova Zelândia agora os contribuintes podem receber o salário em criptomoedas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas