Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Empresa estatal brasileira desenvolve mercado de eletricidade baseado em blockchain

Empresa estatal brasileira desenvolve mercado de eletricidade baseado em blockchain

Linha-de-transmissão

A principal empresa estatal responsável pelo fornecimento de energia elétrica do Paraná fechou um contrato de cerca de R$ 3 milhões para o desenvolvimento de um mercado para a compra e venda de eletricidade com base na tecnologia blockchain.

A empresa contratante, a Copel (Companhia Paranaense de Energia), é de propriedade do Estado do Paraná e é a principal fornecedora de energia da região. De acordo com os dados disponíveis, a Copel atende mais de 3,5 milhões de unidades consumidoras em todo o Estado, possui uma força de trabalho de mais de 8 mil funcionários e está listada na Bolsa de Valores de Nova York.

 

De acordo com o resumo do contrato, a Copel contará com a Fundação CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento) para a construção do projeto. O objetivo é criar um mercado “marketplace” descentralizado para o comércio de energia elétrica nas cidades do Paraná.

Também está previsto o desenvolvimento de simuladores da interação de usuários com transações de energia. Essas operações de câmbio serão realizadas através do uso de contratos inteligentes.

O valor total aprovado para o plano é de R$ 3.092.700. A Fundação CPQD deverá concluir o projeto dentro de um período de 27 meses após a assinatura do contrato, que ocorreu na segunda-feira, 12 de agosto de 2019.

De acordo com a Copel, a Fundação CPQD trabalha com a tecnologia blockchain desde 2016. “Nos últimos anos, atividades foram realizadas nas áreas de capacitação tecnológica, conhecimento do ecossistema blockchain, desenvolvimento de associações, disseminação, desenvolvimento de protótipos e, mais recentemente, realização de projetos ”, afirmou a empresa.

A Fundação CPQD está listada como um dos maiores centros de P&D (pesquisa e desenvolvimento) da América Latina. Desde 1998, atua como contratada de instituições e empresas de telecomunicações, finanças, energia, indústrias, corporações e administração pública.

Leia também: Exchange brasileira dá bônus a usuários como estratégia de marketing

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas