Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Justiça determina que corretoras vendam bitcoins de Marcel Mafra para ressarcir vítimas de pirâmide

Justiça determina que corretoras vendam bitcoins de Marcel Mafra para ressarcir vítimas de pirâmide

marcel mafra bicalho golpe pirâmide bitcoin

A Justiça do Mato Grosso do Sul determinou que corretoras de criptomoedas vendam o saldo de Marcel Mafra Bicalho para pagar duas vítimas do golpe bilionário do qual o empresário é acusado de operar.

Conforme publicação do LiveCoins, além de Bicalho, seu cunhado, Leonardo Oliveira da Silva também é citado no processo.

 

Como medida cautelar, foi determinado que sejam encontrados R$ 1.123.000,00 em criptomoedas no nome dos envolvidos — valor correspondente à quantia investida pelas vítimas do esquema fraudulento.

Depois de encontrado o montante, as corretoras deverão vender as moedas digitais e depositar o saldo em reais para a Justiça.

Os acusados têm 15 dias para apresentar defesa diante do pedido. Além disso, não haverá audiência de conciliação, já que Marcel e Leonardo estão presos.

FX BTC

FX BTC

Mafra é acusado de usar a empresa FX BTC para aplicar um golpe bilionário em investidores com a promessa de investimentos em criptomoedas.

Estima-se que o empresário tenha movimentado mais de R$ 1 bilhão em todo o país.

O golpista teve ajuda de seu cunhado Leonardo Oliveira da Silva, apontado como envolvido no esquema.

Mafra foi preso na Bahia, em uma pousada alugada. No local, repleto de câmeras de monitoramento, o empresário vivia sozinho usando um sobrenome falso para dificultar sua localização.

Além dele, Silva também foi preso pelas autoridades.

Leia também: MP do Ceará denuncia empresa de criptomoedas por crime contra economia popular

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas