Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ladrão de identidade é preso por roubar US$ 5 milhões em computação em nuvem para minerar bitcoin

Ladrão de identidade é preso por roubar US$ 5 milhões em computação em nuvem para minerar bitcoin

criptomoedas mineração nuvem roubo de identidade

Um homem foi preso por roubar mais de US$ 5 milhões em serviços de computação em nuvem para minerar criptomoedas.

Ho Jun Jin, de 29 anos, também conhecido como Matthew Ho, é um cidadão de Cingapura e está sendo indiciado pelo Tribunal Distrital dos EUA por atuar de maneira fraudulenta de outubro de 2017 a fevereiro de 2018.

 

De acordo com a acusação, Ho abriu várias contas em provedores de serviços em nuvem, incluindo Amazon Web Services (AWS), com pelo menos três identidades e cartões de crédito roubados e usou o poder da computação em nuvem para minerar várias criptomoedas, incluindo Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH).

Durante o período em que praticou a fraude, o ladrão de identidade se tornou um dos maiores consumidores de dados em termos de volume.

Com as informações roubadas, o hacker se passou por um importante desenvolvedor de videogames da Califórnia, um morador do Texas e um fundador de uma empresa de tecnologia indiana. 

O objetivo? Enganar os provedores de computação em nuvem para conseguir privilégios maiores de conta, maior poder de processamento e armazenamento de computadores e ter as cobranças adiadas. 

O valor de US$ 5 milhões é, em sua maioria, das contas de serviços em nuvem.

Enquanto parte das contas foram pagas pela equipe financeira do desenvolvedor de jogos da Califórnia antes que a fraude fosse detectada, Ho também usou a identidade das outras duas vítimas para adquirir poder de computação em nuvem para o Google Cloud Services.

Segundo o documento, as criptomoedas foram convertidas em fundos tradicionais através de diversos sites de trading. 

O nome das vítimas não foi divulgado, e o hacker irá responder por fraude eletrônica, fraude de dispositivo de acesso e roubo de identidade agravado.

Leia também: Mulher que aplicava golpes com investimentos em bitcoin é presa em Goiás

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas