Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Mau negócio: Atlas Quantum quer pagar dívidas em reais e Unick Forex propõe acordo de devolução de apenas 20% do investimento

Mau negócio: Atlas Quantum quer pagar dívidas em reais e Unick Forex propõe acordo de devolução de apenas 20% do investimento

unick forex atlas quantum pagamento saque dívida clientes

As crises enfrentadas pela Atlas Quantum e Unick Forex afetam os investidores diretamente.

Ambas com os saques travados há meses e enfrentando diversas ações judiciais, as soluções propostas pelas empresas são um péssimo negócio para os clientes.

 

Decisão da Atlas prejudicará investidores

Decisão da Atlas prejudicará investidores

No caso da Atlas, que foi proibida pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) de ofertar investimentos e está com mais de 7.500 bitcoins de clientes presos na plataforma, a empresa decidiu pagar as dívidas em reais.

 

Em comunicado publicado nas redes sociais, a Atlas declarou estar focada na conversão de bitcoins em reais:

A empresa recentemente afirmou estar em busca de empréstimos de grandes players do mercado de criptomoedas, mas em seguida comprou a AnubisTrade, outra plataforma de investimento em criptomoedas, que também deixou de pagar os clientes logo depois de ser adquirida.

Investidores nas redes sociais estão indignados com a solução proposta pela Atlas, que não chegou a consultá-los sobre a decisão de pagamento das dívidas em reais ao invés de bitcoins.

De fato, trata-se de um péssimo negócio para os clientes da empresa, já que eles precisarão pagar taxas para converter os reais em bitcoin novamente e também poderão sofrer com flutuações de preço.

Unick surge com outra proposta incabível

Unick surge com outra proposta incabível

Em mais um episódio da sinistra saga que os investidores da Unick Forex têm enfrentado em busca de receber de volta os valores aplicados na empresa, dessa eles estão recebendo a proposta de um acordo no qual será devolvido somente cerca de 20% do valor investido, segundo informações do Portal do Bitcoin. 

Mas não acaba por aí, este valor ainda será dividido em parcelas, conforme a reportagem que falou com clientes que receberam ligações do escritório de advocacia Nelson Wilians, que já defendeu o Bitcoin Banco e agora cuida da negociação da Unick com os investidores.

Um dos clientes teria investido R$ 80 mil, mas recebeu dos advogados da Unick uma oferta de R$ 16 mil a serem pagos em seis vezes.

De acordo com o site, uma das clientes relata que o escritório a aconselhou a aceitar o acordo, pois caso contrário, poderia demorar para receber.

Muitos investidores da Unick já não têm mais esperanças de receber de volta o valor aplicado.

A empresa é acusada de operar um esquema de pirâmide financeira e lavagem de dinheiro e está sendo investigada pela Polícia Federal (PF), pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela CVM.

Em meio a uma crise de mais de quatro meses na qual clientes não conseguem sacar seus fundos, a empresa segue publicando novas regras para pagamento, entre elas, a de que só devolverá o dinheiro a investidores que tenham comprovante de pagamento.

Leia também: Petição para a libertação do fundador do Silk Road passa de 200 mil assinaturas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas