Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

'Facebook deveria adicionar o bitcoin à sua carteira ao invés de criar a Libra', diz deputado americano

'Facebook deveria adicionar o bitcoin à sua carteira ao invés de criar a Libra', diz deputado americano

bitcoin facebook libra criptomoedas deputado
Foto: AP/John Minchillo

Warren Davidson, deputado republicado dos Estados Unidos, acredita que o Facebook se sairia muito melhor se adicionasse o Bitcoin à sua carteira Calibra ao invés de criar uma nova criptomoeda, como é o caso da Libra. 

A declaração aconteceu durante uma entrevista para o podcast Noded Bitcoin, que foi ao ar na última sexta-feira (11) com o apresentador Pierre Rochard.

 

Para o deputado, “parte da beleza” da revelação da gigante das mídias sociais sobre a stablecoin Libra, é que o projeto cristalizou todos os problemas que já existem no Facebook hoje.

A empresa tem enfrentado diversos obstáculos na corrida para obter permissão para emitir sua criptomoeda que está com previsão para ser lançada em 2020.

Segundo Davidson, as audiências do Congresso dedicadas a discutir a Libra em julho deste ano aumentaram a pressão que o Facebook já vinha sofrendo. 

Além disso, “muitas das perguntas sequer eram sobre a Libra”, afirmou o deputado, referindo-se ao fato de que o Facebook destruiu completamente a confiança que havia conquistado após o vazamento de documentos que comprovam que a mídia social vendeu dados dos usuários para gigantes da tecnologia. 

Contudo, a plataforma já vinha fazendo um trabalho ruim em termos de segurança dos usuários há mais tempo.

Desde 2012, centenas de milhões de senhas de contas do Facebook são armazenadas em um formato de texto simples legível, como declarou a própria empresa em março deste ano.

Sobre a política da mídia social, o deputado afirmou:

"O Facebook já filtra o conteúdo — algumas pessoas dizem que com um viés oculto, outras dizem que é ótimo, ‘estão protegendo meu espaço’ [...] Então, queremos nossas ideias filtradas ou liberdade de expressão? Queremos transações filtradas ou liberdade?”

A pressão dos órgãos reguladores tem resultado em desistências por parte das empresas que investiram no projeto Libra inicialmente.  

Até agora, sete dos 28 membros da Associação Libra já deixaram o projeto. São eles: Visa, Mastercard, eBay, Mercado Livre, PayPal, Booking Holdings e Stripe. 

No entanto, o Facebook afirma que as deserções não impactam o projeto, que conta com 180 potenciais substitutos.

Leia também: O poder das criptomoedas: Transação de quase R$ 4 bilhões em bitcoin custou o preço de um café

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas