Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ronaldinho Gaúcho deixa a 18k depois de ser acusado de golpe de pirâmide financeira

Ronaldinho Gaúcho deixa a 18k depois de ser acusado de golpe de pirâmide financeira

ronaldinho gaúcho criptomoedas cvm lblv
Foto: Divulgação

O ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho teve seu contrato rescindido com a 18kRonaldinho, empresa de marketing multinível acusada de operar um esquema de pirâmide financeira.

O atleta, que atuava como embaixador da marca, também seria sócio-fundador do negócio, segundo os donos da empresa.

 

A mudança ocorreu logo praticamente às vésperas de uma audiência pública convocada pelo Deputado Federal Aureo Ribeiro (SD-RJ) para ouvir o que Ronaldinho tinha a dizer sobre a empresa que levava seu nome.

Os lucros da 18kRonaldinho seriam provenientes de atividades de trading e arbitragem de criptomoedas nas quais prometia lucros de 2% ao dia a clientes que adquirissem pacotes de US$ 12 mil a 30 mil.

No entanto, a empresa atuava sem a autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O contrato entre o ex-jogador e a empresa teria sido rompido “há duas semanas”, de acordo com o advogado de Ronaldinho, segundo informações do Cointelegraph.

O presidente da empresa, Marcelo Lara, publicou recentemente nas redes sociais, imagens onde usa uma tesoura para cortar o nome do atleta fora da empresa. 

“Agora somente 18k”, escreveu na legenda.

18k ronaldinho gaúcho pirâmide

De um lado, a empresa está sendo investigada pelo Ministério Público Federal (MPF) por denúncias de pirâmide financeira.

Do outro, essa não é a primeira vez que Ronaldinho Gaúcho se envolve em um projeto suspeito de fraude envolvendo bitcoin.

O ex-jogador já foi garoto-propaganda e principal promotor da LBLV, empresa que atuava no mercado forex (ilegal no Brasil) e foi proibida de atuar no país pela CVM.

Recentemente, ele foi condenado a pagar mais de R$ 8,5 milhões por crime ambiental em Porto Alegre e teve seu passaporte retido após não cumprir a sentença.

No entanto, Ronaldinho fez um acordo com o Ministério Público do Rio Grande do Sul e recuperou o documento.

Leia também: Mau negócio: Atlas Quantum quer pagar dívidas em reais e Unick Forex propõe acordo de devolução de apenas 20% do investimento

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas