Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Casa Covenant cria um novo serviço em que é possível herdar bitcoins de geração em geração

Casa Covenant cria um novo serviço em que é possível herdar bitcoins de geração em geração

Por Mirian Romão

Um novo serviço de custódia de criptomoedas permite que os usuários herdem seus ativos em bitcoins por meio de advogados especializados em direito imobiliário. 

O serviço foi apresentado pela Casa Covenant, uma startup que desenvolve segurança de chave com várias assinaturas, em nota publicada em seu blog, a Casa Covenant declarou que o objetivo do serviço é apresentar possibilidades do que podem acontecer com suas criptomoedas ativas depois que o usuário falecer. 

Atualmente a pessoa só conseguia passar o acesso dos bitcoins, caso o usuário compartilhasse o código de acesso com alguém, porém essa opção tem o risco do usuário sofrer ataques ou até mesmo roubo, o mesmo acontece se o usuário usar custodiante para gerenciar chaves privadas.

O serviço oferecido é uma plataforma que ajuda os usuários a herdar suas propriedades em bitcoins por meio de um protocolo que eles podem seguir em sua vontade. 

“Ao avaliar maneiras de lidar com esse problema, percebemos que a integração da tecnologia com várias assinaturas com o sistema jurídico e de planejamento imobiliário é o primeiro passo correto. Um dia chegará um processo de herança mais independente, mas há muitas armadilhas ao ir longe demais e rápido demais”. Declarou Nick Newmann, representante da Casa Covenant.

A plataforma integrou a tecnologia de várias empresas à infraestrutura existente do sistema jurídico que lida com o planejamento patrimonial. 

Desenvolveram um padrão de seis chaves para que três das chaves possam ser usadas para recuperar os fundos e a sexta chave estaria nas mãos dos advogados do usuário. 

Um das três chaves de recuperação irá permanecer nas mãos da empresa que a manterá em um cofre em nome do cliente, o acesso será dado somente com uma ordem judicial e a certidão de óbito, o que torna o fundo seguro contra roubos e ataques. 

De acordo com a publicação feita pela empresa, a Casa Covenant tem uma jornada extensa pela frente nesta questão de herança de propriedade em bitcoins, mas está comprometida em avançar nos serviços, para que um dia um processo mais independente possa ser alcançado.

A empresa alerta que há uma lista de espera para entrar nos serviços, por enquanto o serviço está disponível apenas para membros da Casa Diamont, enquanto adiciona soluções de herança a outros níveis de associação da plataforma. 

Leia também: Pesquisa afirma que 83% das pessoas da geração Z são interessadas em criptomoedas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas