Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Parque Tecnológico de Itaipu e parceiros apoiam solução blockchain para o agronegócio no Paraná

Parque Tecnológico de Itaipu e parceiros apoiam solução blockchain para o agronegócio no Paraná

Por Mirian Romão

O Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), no Paraná e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico (CNPq), apoiam um projeto que busca implementar a tecnologia blockchain no setor agronegócio do País.

Segundo a matéria disponível no jornal regional do Paraná, O Presente, a proposta é que o Parque Tecnológico tenha as incubadoras para que a empresa Brexbit possa desenvolver uma tecnologia blockchain, uma solução para o mercado de agronegócio brasileiro.

A Brexbit participou de um edital público do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e teve apoio da incubadora Santos Dumont e do Parque Tecnológico, recebeu cerca de  R$60.000 em recurso e apoio técnico para desenvolver a solução em blockchain. 

A Brexbit irá trabalhar para desenvolver a solução blockchain para rastrear a produção de café no estado, desde o inicio do produto na plantação até a venda para o consumidor.

De acordo com o dono da Brexbit, Cassiano de Oliveira Peres, afirma que a incubadora no Parque Tecnológico foi determinante para a implementação e desenvolvimento das soluções em blockchain.

A solução já foi implementada no setor de transporte de cargas vivas, onde desenvolveram uma blockchain a partir do Guia de Trânsito Animal, da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), que regulamentou o transporte de animais no estado, o que trouxe mais segurança e transparência ao setor agro. 

De acordo com a matéria a solução foi implementada com sucesso no transporte de animais o que evita riscos de falhas e fraudes.

Leia também: Governo Trump estourou a bolha do bitcoin em 2017, diz ex-presidente do CFTC

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas