Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Investidor processa exchange após perder 100 bitcoins em golpe envolvendo operadora de celular

Investidor processa exchange após perder 100 bitcoins em golpe envolvendo operadora de celular

bitcoin fraude bittrex chip celular exchange roubo

Um cliente que foi hackeado e teve 100 bitcoins roubados de sua conta está processando uma das maiores plataformas globais de criptomoedas, a exchange Bittrex.

O roubo que aconteceu em abril deste ano foi possível graças a uma fraude conhecida como SIM Swap, onde o criminoso transfere a linha do chip telefônico de um usuário para um chip em branco.

Através do golpe, os criminosos conseguiram acesso à conta de Gregg Bennett e levaram cerca de R$ 3,8 milhões em BTC do investidor de Seattle, nos Estados Unidos.

Na ação, Bennett acusa a Bittrex de violar seus protocolos de segurança que a exchange publicou para conhecimento e proteção dos usuários.

Segundo o cliente da empresa, os hackers usaram um endereço de IP da Flórida que deveria ter avisado a plataforma de uma provável violação da conta, no entanto, isso não aconteceu.

exchange possui um limite de saque de 100 BTC em 24 horas, que foi o valor roubado pelos criminosos. 

Posteriormente, eles liquidaram parte dos BTCs roubados a preços muito abaixo do valor de mercado.

De acordo com os advogados de Bennett, a exchange deveria ter parado os saques da sua conta por pelo menos um dia quando a senha foi alterada.

Bill Shihara, CEO da corretora, afirmou que a empresa adotou medidas de segurança em sua plataforma, como e-mail e autenticação de dois fatores, mas apontou que o e-mail do cliente também pode ser hackeado.

“Acho que esse é um problema que exige muitas soluções e muitas camadas de segurança. E, infelizmente, um dos mantras que usamos e geralmente publicamos artigos é que, em última análise, você não pode confiar no seu telefone”, disse.

O chip fraudado é da empresa norte-americana AT&T, considerada a maior companhia telefônica e maior operadora de televisão a cabo do mundo. 

Para o investidor, a fraude no chip pode ter sido facilitada por pessoas de dentro da empresa. Contudo, ele ainda não abriu um processo contra a mesma.

Leia também: Hackers podem usar entradas de USB públicas para roubar Bitcoin e criptomoedas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas