Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Líderes do mercado de criptomoeda compartilham experiências bancárias negativas

Líderes do mercado de criptomoeda compartilham experiências bancárias negativas

Por Mirian Romão

Os líderes do mercado de criptomoeda, para crescer e aprender tiveram experiências bancárias negativas, alguns perderam até o acesso aos fundos, mas compartilharam cada experiência para que possa servir de aprendizado.  

Como por exemplo o executivo-chefe da Binance, Changpeng Zhao, em seu Twitter comentou que quando era adolescente abriu uma conta na RBC e depositou orgulhosamente $10 e descobriu que a RBC cobra $3,99 mensais. Depois de alguns meses, percebeu que devia “um monte de dinheiro”.

O presidente da carteira de criptomoeda descentralizada Monarch, Robert Beadles, teve problemas para conseguir o seu próprio dinheiro, conforme reportou à CCN. 

“Pelo menos três vezes, um banco perdeu mais de US $ 100.000 do meu dinheiro e os congelou quando pensaram que minhas próprias transações eram fraudulentas”, declarou Robert.

Andy Cheung, chefe de operações da OKEx, comenta que os bancos tradicionais têm seu lado negativo, por não funcionar 24/7, fora os procedimentos que são complicados e levam muito tempo para processar transações.

“Muitas empresas precisam fazer negócios em outros países e liquidar pagamentos urgentes, mas os bancos tradicionais geralmente atrasam as transferências bancárias ou dificultam a transferência de dinheiro para determinados países”, comentou Andy.

O banco encerrou a conta do CEO e co-fundador da CoinCorner, Danny Scott, assim que criou a CoinCorner e não explicaram o porquê. 

Danny comentou que tinha a conta pessoal ativa cerca de 15 anos e nunca teve problema e que “a conta foi encerrada com 30 dias de antecedência sem motivo. Ao falar com eles, disseram-me que o quartel-general de Londres havia solicitado que conta fosse fechada, o que significava que não me davam um motivo. A única coisa que eles me disseram era: ‘Se minhas circunstâncias mudassem, eu seria bem-vindo de volta”.

Recentemente os bancos tradicionais estão buscando espaço e investindo em tecnologias blockchain para não perder a oportunidade de concorrer no mercado.

Leia também: Proposta de Andrew Yang de ‘dar dinheiro a todos’ se assemelha à OneCoin

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas