Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Pesquisador retira anonimato de 96% das transações de criptomoeda de privacidade que usa tecnologia Mimblewimble

Pesquisador retira anonimato de 96% das transações de criptomoeda de privacidade que usa tecnologia Mimblewimble

mimblewimble grin monero zcash privacidade criptomoedas

O engenheiro e pesquisador Ivan Bogatyy recentemente publicou um relatório no qual alega ter quebrado a tecnologia de privacidade Mimblewimble usada por criptomoedas como Beam e Grin.

Segundo Bogatyy, tal tecnologia “não deve mais ser considerada uma alternativa viável ao Zcash ou ao Monero no que diz respeito à privacidade”.

A forte acusação é feita depois que o pesquisador conseguiu retirar o anonimato de 96% de todas as transações da criptomoeda Grin, executando apenas um nó a custo de cerca de US$ 60.

O ataque orquestrado por Bogatyy revela os endereços de remetente e destinatário nas transações, o que pode tornar o Mimblewimble obsoleto caso uma solução não seja encontrada.

No entanto, o pesquisador afirma que não há como consertar o problema, apontando que os desenvolvedores da tecnologia já sabem da viabilidade técnica de um ataque assim desde que ele publicou um tópico no Reddit sobre o assunto há um ano.

De acordo com Bogatyy, caso estivesse executando vários nós, ele poderia alcançar uma taxa de sucesso ainda maior do que os 96% registrados no ataque.

Sobre o anonimato, o pesquisador disse que é a criptomoeda que fornece o maior anonimato possível é o Zcash, pois seu conjuntoo de anonimato inclui todas as transações protegidas.

Depois o Monero, no qual os usuários deve escolher seu próprio conjunto de anonimato de tamanho 10 a 25 para qualquer saída não gasta existente em cadeia de transações de Bitcoin (UTXO).

Leia também: Bitcoin será um meio para mais pessoas criarem riqueza sustentável, diz ex-executiva da ConsenSys

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias

Mais Lidas