Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Servidores do Dataprev receberão treinamento da Blockchain Academy

Servidores do Dataprev receberão treinamento da Blockchain Academy

dataprev governo federal blockchain academy treinamento

O Diário Oficial da União publicou nesta quarta-feira (11), a contratação da Blockchain Academy para treinamento dos servidores do Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência) sobre a tecnologia blockchain.

Responsável pela gestão da base de dados sociais brasileira, o órgão fundado em 1974 possui vínculo com o Ministério da Economia e seus funcionários receberão o curso nas dependências da Dataprev no Rio de Janeiro.

De acordo com o documento, o treinamento que custou R$ 49.000 para o governo brasileiro, será sobre arquitetura e modelos de negócios utilizando blockchain. A Dataprev também é responsável pela gestão de dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Fundada em 2016, a Blockchain Academy se apresenta como “uma rede colaborativa de educação voltada para a formação multidisciplinar focada em bitcoin, blockchain e temas correlatos”, com o objetivo de “desenvolver um ecossistema inovador com empresas, profissionais e empreendedores capacitados em criarem projetos e novos modelos de negócio utilizando os conceitos das plataformas Blockchain”.

Em nota ao Portal do Bitcoin, a empresa de educação declarou que o curso parte “desde conceitos básicos até especificações técnicas em Hyperledger”.

Contudo, este não é o primeiro trabalho da Blockchain Academy em conjunto com o governo brasileiro. Em novembro de 2018 a empresa desenvolveu um sistema de troca de informações da base de cadastro dos CPFs baseado na tecnologia do Bitcoin.

A importância e benefícios da tecnologia blockchain é um assunto cada vez mais debatido no Brasil. O deputado federal Israel Batista pediu, em setembro deste ano, a aprovação do Projeto de Lei n° 4797/2019, que visa tornar obrigatório o uso da tecnologia dentro do Governo Federal.

Com a emergência de novas tecnologias, que permitem maior interação e aproximação entre o poder público e a sociedade, o deputado acredita que a prestação digital dos serviços públicos deve ser uma resposta da Administração Pública. 

“A lei visa atender aos anseios da sociedade brasileira, desejosa de ver implantada, na prestação de serviços públicos, agilidade, qualidade, transparência, responsabilidade e eficiência”, declarou.

Leia também: Startup diz ter resolvido problema de velocidade nas transações da blockchain

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias