Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

"Bitcoin é a moeda da revolução e o pesadelo do dinheiro fiat", diz Max Keiser

"Bitcoin é a moeda da revolução e o pesadelo do dinheiro fiat", diz Max Keiser

max keiser bitcoin preço
Imagem: Brendan Moran / SPORTSFILE / Web Summit

O jornalista econômico e entusiasta do bitcoin, Max Keiser, disse durante a Labitconf, maior conferência de bitcoin e blockchain da América Latina, que o ativo é “o dinheiro de uma revolução global e o pesadelo do dinheiro fiduciário”.

Segundo o Cointelegraph, durante o evento que ocorreu no Uruguai na quinta-feira (12), Keiser defendeu a criptomoeda como o “dinheiro da resistência” e afirmou:

“O primeiro desafio do Bitcoin é limpar o desastre feito pelas moedas fiduciárias e pelos governos em todo mundo (…) O Bitcoin vai substituir a violência inerente ao dinheiro fiduciário.”

O jornalista declarou também que o impacto das criptomoedas é percebido no mundo todo, principalmente na América Latina em meio a crises políticas e econômicas.

Para Keiser, os governos tentam regular o bitcoin com base em regras que foram pensadas e desenvolvidas para moedas fiduciárias.

“A história do dinheiro fiduciário é a de um agente funerário que está tentando mandar um cadáver vivo e não importa quanto mais você tenta fazê-lo melhorar, a respiração nunca estará boa (…) temos uma economia zumbi graças ao desfile interminável de dinheiro livre e o Bitcoin é a resposta para esta violência”, declarou.

O entusiasta já chegou a afirmar que o Bitcoin pode atingir US$ 100 mil em breve.

Leia também: “Vendemos nossa privacidade para ver vídeos de gatos”, diz especialista que defende o uso da blockchain

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias