Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Retrospectiva: Veja como foi o desempenho do Bitcoin no Natal ao longo da história

Retrospectiva: Veja como foi o desempenho do Bitcoin no Natal ao longo da história

bitcoin-natal-preço-final-de-ano-investir-criptomoedas-histórico_Easy-Resize.com

O Bitcoin, primeira e maior criptomoeda criada, foi considerada o melhor ativo da década pelo banco norte-americano Merrill Lynch, com uma performance melhor até mesmo que o ouro.

Criado por Satoshi Nakamoto, um pseudônimo japonês que esconde a verdadeira identidade do(s) criador(es), o Bitcoin rendeu US$ 90.026 para quem comprou apenas 1 dólar em 2010.

Ao longo de sua história, o ativo passou por diversas oscilações, e hoje veremos o que aconteceu com o Bitcoin na época de Natal ao longo da década.

2010

O Bitcoin começou a operar em março de 2010, quando foi lançada a primeira exchange. A primeira transação da história aconteceu em maio do mesmo ano, quando 10.000 BTCs foram usados para pagar por duas pizzas no estado da Flórida, nos EUA.

O ativo não ganhou fama instantânea, portanto, naquele ano a criptomoeda valia quase nada. Na semana do natal, o a moeda oscilou entre US$ 0,25 e US$ 0,27.

2011

Em 2011 o ativo já havia ganhado a atenção de muitos, atingindo um pico de US$ 29,60 em junho daquele ano, mas caindo em seguida.

A moeda chegou até a véspera de Natal com o preço um pouco abaixo de US$ 4, mas no dia 25 teve uma alta de 7% e atingiu US$ 4,22. Embora o preço tenha caído no dia seguinte, a criptomoeda começou a valorizar antes mesmo da virada do ano.

2012

O ano seguinte não foi tão emocionante para o ativo, que se manteve sem grandes oscilações, atingindo uma máxima de US$ 13,50 em agosto.

Na véspera de Natal, o ativo estava sendo negociado em US$ 13,38, e baixou US$ 0,03 na data comemorativa.

2013

Em 2013, o Bitcoin deu sinais de que algo grande poderia acontecer, quando chegou a US$ 230 em abril. Depois de uma queda massiva no dia seguinte, se mantendo entre a casa dos US$ 80 e US$ 100 ao longo do ano, o ativo atingiu sua máxima em 4 de dezembro, sendo negociado a US$ 1.147.

Na véspera de Natal, contudo, caiu para US$ 667, e no dia seguinte subiu para US$ 687.

2014

Este foi um ano difícil para o Bitcoin, que foi desvalorizando cada vez mais ao longo dos 12 meses. Mesmo com tentativas de recuperação, o ativo terminou o ano sendo negociado a US$ 318 na véspera de Natal.

Já no dia 25, o preço subiu um pouco, chegando a US$ 327.

2015

Depois do baque sofrido no ano anterior, o Bitcoin passou a maior parte de 2015 na casa dos US$ 200, até começar a se recuperar em outubro daquele ano.

Na véspera de Natal, a criptomoeda havia dobrado de valor, e estava sendo cotada a US$ 454, aumentando apenas US$ 1 no dia seguinte.

2016

Em 2016, as coisas começaram a melhorar novamente e o Bitcoin parecia estar, aos poucos, subindo aquela montanha da qual caiu em 2014.

O ativo chegou na véspera do Natal com uma leve queda em relação ao dia anterior, sendo negociado a US$ 894, e se manteve no mesmo valor no dia 25.

2017

Conhecido na comunidade das criptomoedas como “o ano da bolha do Bitcoin”, 2017 foi intenso para o ativo, que registrou um crescimento extraordinário com início ainda no primeiro semestre do ano.

A moeda começou em 1 de janeiro valendo US$ 997 e quase bateu US$ 20.000 em dezembro. Na véspera de Natal, no entanto, a criptomoeda estava sendo negociada a US$ 13.975, caindo US$ 58 na data comemorativa, quando marcou US$ 13.917.

2018

Depois da valorização de mais de 2.000% no ano anterior, o Bitcoin despencou para cerca de US$ 6.000 em fevereiro, e falhando nas tentativas de recuperação do preço, sempre caindo novamente.

No dia 24 de dezembro, o ativo estava sendo negociado a US$ 4.069, e caiu para US$ 3.823 no Natal.

Como pudemos ver, ao longo da história do Bitcoin até 2018, não houve grandes movimentações no preço do ativo durante a véspera do Natal e a data comemorativa. Agora resta saber se o mesmo acontecerá em 2019.

Leia também: Tudo que você precisa saber sobre a taxa de Hash do Bitcoin

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias