Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Midas Trend não cumpre palavra, cancela saques dos clientes e faz novas promessas

Midas Trend não cumpre palavra, cancela saques dos clientes e faz novas promessas

midas-trend-piramide-clientes-criptomoeda-saques-pagamento-bitcoin

Apesar de ter prometido realizar todos os pagamentos dos clientes até o final de 2019, a Midas Trend não cumpriu com a palavra e cancelou os pedidos de saques, conforme anunciou o CEO da empresa, Deivanir Santos, em vídeo publicado no Youtube.

Como justificativa, Deivanir citou o valor extremamente alto de transferência bancária, argumentando que o incidente seria fruto da sua falta de conhecimento sobre o assunto:

“Estouramos um limite – eu nem sabia que teria esse limite bancário, até porque, como explanei para vocês, é a primeira vez que eu opero com banco digital próprio”, afirmou. “Mas com a nossa exchange pronta [o problema] está solucionado.”

Portanto, agora os clientes da Midas Trend deverão realizar um novo cadastro e o saque será feito somente na data de aniversário da conta.

“Tudo que foi feito até agora, essa bagunça toda de negociação [….] tudo isso será estornado, será excluído”, disse o CEO. “Se a data de aniversário da tua conta é dia 1°, você vai sacar dia 1°.”

Deivanir acrescenta que pagará as dívidas em criptomoeda (embora não tenha dito qual) ou Midaspay, o banco digital da empresa.

“Vamos usar as duas formas de pagamento para poder sanar com esse problema de uma vez por todas”, prometeu.

Robô de arbitragem

Robô de arbitragem

Durante outra live realizada por Deivanir Santos na véspera de Natal (24), o CEO da empresa que afirma realizar operações de arbitragem de bitcoin desapontou os clientes ao declarar que as operações do BotMidas, suposto robô de arbitragem da empresa, estão suspensas.

A empresa funciona sem autorização ou dispensa da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e inclusive está sendo investigada pela autarquia. Segundo relatos dos clientes, há problemas no sistema desde outubro de 2019.

Um cliente foi além e disse que o negócio se trata de “uma pirâmide financeira que está perto de ruir, como tantas outras”.

Leia também: Empresa suspeita de pirâmide dá calote em clientes, cria criptomoeda sem liquidez e muda de nome

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias