Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Golpista usa nome de famosa vendedora P2P brasileira para roubar criptomoedas

Golpista usa nome de famosa vendedora P2P brasileira para roubar criptomoedas

p2p-jessica-lima-brasileira-golpe-golpista-bitcoin-criptomoedas-criminoso-negociação

A vendedora P2P Jéssica Lima, famosa no mercado brasileiro de criptomoedas, está sendo alvo de uma tentativa de fraude, na qual um golpista usa seu nome com o objetivo de roubar criptomoedas de novos investidores.

Na terça-feira (21), a brasileira publicou um alerta em um grupo sobre Bitcoin no Facebook, no qual mostrou um print da estratégia usada pelo falsário, que estaria usando um perfil fake para entrar em contato com as possíveis vítimas.

O usuário teria pedido que a vítima lhe enviasse uma fração de 0.1 BTC (cerca de R$ 3.500), dizendo que, em troca, poderia multiplicar esse valor, transformando-o em um depósito de 0.5 BTC.

“O fake chamou alguém e disse que eu ia intermediar a negociação”, explicou Jéssica em conversa com o Criptonizando.

Na tentativa de legitimar o golpe, o homem usa a popularidade da vendedora na comunidade, e afirma: “ela tem referência”.

Segundo ele, a fração em BTC seria enviada para a carteira de Jéssica. “Ela recebe os BTC e eu pago a você”, disse na mensagem.

Contudo, se caísse no golpe, a vítima estaria enviando a quantia para um endereço de carteira que não pertence, de fato, à vendedora, e sim ao falsário.

bitcoin-criptomoedas-golpe-brasil-p2p-jessica-lima
Imagem: Reprodução/Facebook

O uso indevido de seu nome foi descoberto pela P2P após a pessoa que recebeu as mensagens avisar a vendedora, que garantiu que não trabalha com esse tipo de operação.

“Eu divulguei pra deixar o pessoal ciente de que não faço esse tipo de negociações, e que se mandassem alguma Wallet sem falar comigo diretamente, iam perder o dinheiro”, declarou.

Jéssica afirma que, até o momento, não recebeu nenhum relato de pessoas que caíram no golpe.

“Apenas tentativa”, explicou a vendedora que atua como P2P desde 2017.

Golpes com criptomoedas  se tornam cada vez mais comuns

Golpes com criptomoedas  se tornam cada vez mais comuns

Há diversas táticas usadas por golpistas na tentativa de roubar criptomoedas, e os são cada vez mais frequentes.

Recentemente, o Criptonizando noticiou o caso de um trader que perdeu cerca de R$ 3 milhões em Bitcoin ao cair em golpe de perfil fake que se passava pelo CEO da Binance, Changpeng ‘CZ’ Zhao.

Para evitar cair em golpes como esses, é preciso estar atento, checar sempre as informações e desconfiar de negócios “bons demais” para ser verdade.

Leia também: Peter Schiff revela como realmente perdeu seus Bitcoins

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram e Twitter e fique por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias