Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Criminosos usam notícias sobre Coronavírus como isca para roubar dados e criptomoedas de usuários

Criminosos usam notícias sobre Coronavírus como isca para roubar dados e criptomoedas de usuários

coronavirus-corona-virus-china-alerta-notícias-hoje-criminosos-hackers-golpe

Um relatório publicado pela IBM X-Force Threat Intelligence nesta sexta-feira (31), mostra que criminosos estão se aproveitando do medo da população global a respeito da propagação do Coronavírus para roubar dados e criptomoedas de usuários.

Segundo a IBM, diferentes grupos de hackers estão se passando por órgãos oficiais de governos para espalhar notícias falsas sobre uma epidemia do vírus que tem a China como epicentro de contaminação. As mensagens escondem um malware poderoso que coleta dados bancários e carrega um código de mineração da criptomoeda Monero.

Jiang acredita que isso também vai influenciar o Bitcoin (BTC). Com a queda iminente na taxa de hash do BCH, o Bitcoin incorporará a carga, aumentando a dificuldade da rede e reduzindo a lucratividade do minerador. 

Entretanto, o halving do Bitcoin é daqui a quatro meses, quanto impacto isso terá?  A base para o plano de financiamento da infraestrutura do Bitcoin Cash, é que os desenvolvedores não podem trabalhar de graça. 

Até o momento, de acordo com a IBM, as fake news teriam sido identificadas no Japão e na China, mas há relatos de variantes no Brasil, EUA e Europa.

A empresa antivírus Kaspersky declarou que especialistas de segurança já encontraram mais de 10 tipos de arquivos maliciosos usando o Coronavírus para roubar dados de usuários no Japão. Segundo o analista Anton Ivanov:

“À medida que as pessoas continuam preocupadas com sua saúde, podemos ver cada vez mais malwares escondidos em documentos falsos sobre a disseminação do coronavírus.”

Os ataques, que estão sendo feitos por e-mail, também contam com anexos em PDF e até arquivos de vídeo infectados que se passam por relatórios sobre a propagação do vírus.

Já são quase 7.000 casos confirmados de pessoas infectadas com o Coronavírus por todo o mundo. A maioria dos casos foram registrados na China, onde já ocorreram pelo menos 170 mortes.

O mercado financeiro tem visto valorizações desde que começou a expansão do vírus que ataca o sistema respiratório, e especula-se que as recentes altas do Bitcoin tenham sido influenciadas por isso.

Leia também: “Bitcoin é uma tendência que não tem volta”, enfatiza reportagem da Rede Globo

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias