Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Em parceria com a Microsoft, empresário brasileiro quer criar imposto único com blockchain

Em parceria com a Microsoft, empresário brasileiro quer criar imposto único com blockchain

O empresário brasileiro Miguel Abuhab, em parceria com a Microsoft, pretende usar a tecnologia blockchain, do Bitcoin, para construir um sistema de cobrança automática de impostos sobre consumo que poderia unificar diferentes impostos nacionais em um, conforme publicação da Folha.

A ideia compete com a proposta do Ministro da Economia, Paulo Guedes, de criar um imposto único federal que deve fundir de três a cinco tributos federais, como PIS/Cofins, IPI, ICMS e ISS.

Abuhab, fundador da Neogrid, empresa de tecnologia que não participará do projeto, tem conversado com o governo desde 2015 em defesa do sistema, e agora iniciará o desenvolvimento de um protótipo que planeja concluir até maio de 2020.

A meta é finalizar ainda este ano o software que integrará autoridades tributárias, bancos, empresas de pagamento e demais contribuintes.

A Microsoft entrará com a blockchain, e a cobrança do tributo será feita no momento em que ocorre um pagamento, por qualquer meio eletrônico, feito pelo consumidor final ou por uma empresa a seus fornecedores.

O dinheiro será dividido entre o crédito para o lojista e a parcela do governo.

“Ele [o software] vai integrar os sistemas que já existem. No do boleto, é necessário incluir o valor o imposto. No da maquininha de cartão, inclui o valor do imposto. Só quero integrar (…) Tem de fazer o controle sobre a circulação do dinheiro, e não das mercadorias”, declarou o empresário.

Contudo, essa cobrança atingirá somente as transações eletrônicas em que é gerada uma nota fiscal de venda ou prestação de serviço, não tendo relação com a ideia de uma nova CPMF, que tributa qualquer transação.

“Já falei com a Microsoft. Vou fazer o protótipo e vamos desenvolver em conjunto esse produto”, disse o empresário à Folha.

Leia também: Nova norma da CMN permite que bancos usem identidades em blockchain para abertura de contas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias