Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Empresa acusada de pirâmide com Bitcoin em SP desaparece e deixa mais de 100 clientes na mão

Empresa acusada de pirâmide com Bitcoin em SP desaparece e deixa mais de 100 clientes na mão

pirâmide-sp-bitcoin-criptomoedas-hometradercoin-htc-pagamento

A polícia de Americana, no interior de SP, começa a receber denúncias de uma suposta pirâmide financeira com bitcoin que desapareceu, deixando mais de 100 clientes na mão.

Segundo o site Liberal, a uma mulher registrou um boletim de ocorrência na terça-feira (11) contra a empresa Home Trader Coin, cujo site saiu do ar em janeiro, depois de parar os pagamentos de seus clientes em dezembro do ano passado.

A mulher teria perdido os R$ 4 mil que aplicou na empresa que dizia negociar bitcoins com dinheiro dos investidores, oferecendo 1% ao dia de rendimentos, além de bônus por indicação.

Outros quatro moradores da cidade também pretendem registrar queixas, diz a matéria, e, juntos, os cinco perderam cerca de R$ 150 mil no negócio.

Um dos clientes enganados pela empresa admitiu ter pensado que a oferta parecia “absurda”, mas ainda assim resolveu tentar.

“Vai que paga”, disse ele.

Como de costume em um esquema de pirâmide financeira, inicialmente os usuários receberam o retorno prometido, aumentando a popularidade do negócio por meio da propaganda boca a boca, aponta o site.

Pelo menos 112 pessoas teriam aplicado valores na Home Trader Coin, de acordo com um grupo do WhatsApp que reúne vários clientes moradores da região.

Além dos rendimentos prometidos sobre o investimento, quem indicava um novo “filiado” ganhava 20% de adiantamento (que depois seriam descontados dos seus rendimentos), afirma um cliente que diz ter perdido cerca de R$ 12 mil.

Duas pessoas que aplicaram na empresa indicaram um homem como responsável pelo negócio. Ele, no entanto, nega relação com a Home Trader Coin e afirma que era apenas um investidor que teve prejuízo de aproximadamente R$ 60 mil.

O homem alega que a empresa prometia um rendimento de “zero até 1,5%” ao mês e que apenas três pessoas teriam investido na empresa que seria da Polônia.

Leia também: DD Corporation faliu e presidente quer pagar clientes em 1 ano

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias