Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Áudios do dono da DD Corporation revelam vida de luxo com Bitcoin depois de anunciar falência da empresa

Áudios do dono da DD Corporation revelam vida de luxo com Bitcoin depois de anunciar falência da empresa

ddcorporation-leonardoaraujo-piramide-golpe-clientes-bitcoin-luxo-audiovazado-portugal-faliu-pagamento

Depois de assumir a falência da DD Corporation (ex-Dreams Digger) na segunda-feira (10) e dizer que os clientes seriam pagos só em 2021, áudios vazados do fundador da empresa, Leonardo Araújo, revelam a vida de luxo levada pelo brasileiro na Europa.

Em uma série de áudios que, segundo o Cointelegraph, foram provavelmente trocados com negociantes P2P no Brasil, Araújo fala sobre milhares de Euros em Bitcoin que estaria usando para comprar casas e carros no exterior, além do interesse em uma conta na Ilha de Malta e explica o sistema da empresa.

“Ao invés de um, vamos liquidar logo dois, porque pode ser que eu precise de mais um pouquinho de euros. Então 2 BTCs, fechou?”, diz Araújo em um dos áudios. “Eu to só esperando cair aqui na Binance e vou te mandar aí”, diz em um dos áudios.

Para custear os gastos na Europa, o brasileiro comenta a possível venda de 500 mil euros em Bitcoin, além de confirmar 110 mil euros para uma BWA e outros 200 mil euros divididos em parcelas de 50 mil.

Em outro momento, Araújo demonstra interesse em abrir uma conta em Malta (considerado um paraíso fiscal) e questiona:

“Qual a possibilidade de eu conseguir abrir uma conta minha, de pessoa física, em Malta?”, diz ele. “Pra sacar da Binance pra minha conta, de pessoa física, e da pessoa física de Malta, eu conseguir sacar aqui pra Portugal”

“Ocultar as coisas que eu vou botar aqui”

“Ocultar as coisas que eu vou botar aqui”

Em outro áudio, Araújo diz que está indo se encontrar com o presidente do banco Atlantico Europa, que vai “ajeitar” a vida dele, ao abrir uma conta para o presidente da DD em seu banco.

“Isso é muito importante, ocultar as coisas que eu vou botar aqui”, diz ele.

O CEO da DD também explica o funcionamento do sistema da DD, revelando não se tratar de um negócio sustentável, de modo que funciona como uma pirâmide financeira, como aponta o Cointelegraph, dependendo totalmente da entrada de novos clientes, semanalmente.

Segundo Araújo, os supostos rendimentos seriam distribuídos de acordo com o seu próprio critério:

“Todo dia eu coloco um rendimento – o que eu escolher – e ele roda em cima dos valores que os clientes têm”, revela.

“Dá pra gente ter 10, 15 empresas ao mesmo tempo […] tendo percentual e domínio sobre o dinheiro”, diz Araújo sobre os planos de construção de um escritório em Portugual, que será usado numa operação de software com outras empresas.

Leia também: DD Corporation, ex-Dreams Digger, retira site do ar após dar calote em 300 mil investidores

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias