Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Halving do Bitcoin: O que é, como funciona, qual seu impacto na rede?

Halving do Bitcoin: O que é, como funciona, qual seu impacto na rede?

A principal criptomoeda do mercado, o bitcoin (BTC), teve vários avanços ao longo dos anos e experimentou alguns pontos baixos no mercado, conforme reportou o CryptoDaily.

Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre o tão aguardado halving do bitcoin, que está previsto para acontecer em maio deste ano. 

O halving ocorre a cada quatro anos, e refere-se ao processo de recompensa por bloco minerado do Bitcoin ser reduzida para metade — processo que ocorre por meio de complicados cálculos matemáticos resolvidos pela máquina. Desde que o bitcoin foi introduzido pela primeira vez, o bitcoin passou por 2 procedimentos de halving em 2012 e 2016.

O primeiro procedimento de halving do BTC ocorreu em novembro de 2012, após a recompensa do bloco ser reduzido pela metade para 25 bitcoin por bloco minerado. Já o segundo em 2016, foi reduzido para 12,5. 

Como o bitcoin é uma mercadoria escassa, com um suprimento fixo, o halving foi introduzido com um conceito, para verificar o número de bitcoin minerados e proteger seu valor. 

Conforme o preço do bitcoin cresce, os mineradores podem acabar obtendo mais valor do bloco de bitcoin que são as recompensas por seus esforços. Quando o halving deste ano acontecer, a recompensa do bloco será reduzida para 6,25 bitcoins. 

À medida que a quantidade do ativo diminui e a demanda aumenta, a criptomoeda se torna mais valiosa como mercadoria. Diferentemente do caso das moedas tradicionais, o bitcoin não pode ser criado à vontade, tendo apenas 21 milhões de unidades disponíveis para mineração (sendo que 18 milhões já foram mineradas).

Os dois últimos eventos do bitcoin levaram ao aumento exponencial do preço da criptomoeda a longo prazo. Quando o primeiro halving aconteceu, o preço do bitcoin subiu para 8.000% de seu valor, dentro de um ano. Algo semelhante aconteceu em 2016, seu preço aumentou 2.800% em 18 meses. 

Não é certo que essa volatilidade aconteça no halving de 2020, entretanto, alguns especialistas acreditam que o bitcoin pode chegar a US$100.000 até o final deste ano. Enquanto outros analistas estão dizendo que a moeda pode cair para US$4.000. 

Nota-se que o segundo evento, em 2016, demorou mais para o bitcoin atingir um preço alto, o mesmo deve acontecer com o halving deste ano.

Embora com o novo halving, a recompensa por bloco do bitcoin em 6,25 vá aumentar os custos dos mineradores, seu potencial valor pode ser benéfico afinal. É quase impossível prever com precisão o valor que a criptomoeda pode atingir. 

Leia também: Criptomoeda de startup sobe 300% após anúncio do Google

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias