Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Cruz de Ouro sugere alta de 170% no preço do Bitcoin

Cruz de Ouro sugere alta de 170% no preço do Bitcoin

O Bitcoin (BTC) pode chegar a US$26.000 em apenas dois meses, graças ao evento ‘cruz de ouro’ no gráfico de desempenho do ativo.

Quando o sinal da cruz de ouro foi visto pela última vez, em abril de 2019, os preços do bitcoin multiplicaram por 2,5 vezes, tendo um aumento de 170% no preço da criptomoeda, conforme reportou o Cryptopotato

Em 2015, o evento retornou por mais de dois anos, e com os picos de dezembro de 2017, houve um aumento que multiplicou 90 vezes o valor do bitcoin, que passou de US$200 a US$20.000. 

Caso aconteça o mesmo que em 2019, com um aumento de 170% em um mês, devemos esperar que os preços retornem acima de US$12.200 nas próximas semanas, que são precisamente os níveis de agosto do ano passado. 

Para o bitcoin, o aumento desses dias reforçou a tendência iniciada no começo do ano, atingindo mais de 40% de alta.

Bitcoin traçando cruzes de ouro em 2019 e 2020. Fonte: TradingView

A média móvel de 50 dias do bitcoin ultrapassou a média móvel de 200 dias. Esse fenômeno raro, conhecido como “cruz de ouro”, é um padrão historicamente otimista e leva em consideração duas das médias móveis mais usadas. 

Segundo o especialista Tom Lee, da Fundstrat, o Bitcoin poderia chegar a US$27.000 em julho, pois o preço estava sendo negociado acima da média móvel de 200 dias. Historicamente, isso sugere um aumento de cerca de 190% nos próximos seis meses. 

Em janeiro deste ano, a Fundstrat publicou um artigo onde aponta três motivos pelos quais o Bitcoin pode valorizar mais de 100% em 2020.

De acordo com Mike Novogratz, que também compartilhou sua opinião, o Bitcoin é a “melhor marca dos últimos onze anos” e que testará US$20.000 em 2020 mais uma vez.

Leia também: Veja as 10 melhores criptomoedas para minerar usando CPU

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias