Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O ataque silencioso que levou à queda de 50% do Bitcoin abaixo de US$ 5 mil

O ataque silencioso que levou à queda de 50% do Bitcoin abaixo de US$ 5 mil

bitmex-bitcoin-criptomoedas-mercado-queda-baixa-preço-desvalorização-comprar-investimento-moeda-digital-ataque-ddos-

Na semana passada, o preço do Bitcoin sofreu uma queda de 50%, sendo cotado a US$ 3.600 na BitMEX, levando a muitas perdas para os usuários que operam na plataforma.

Essa, que foi a maior queda diária no preço do Bitcoin, veio acompanhada de uma atividade considerada suspeita na exchange recentemente apontada pelo órgão regulador do Reino Unido como uma “entidade irregular”.

Durante a queda no preço do criptoativo, a BitMEX teve US$ 750 milhões em Bitcoin liquidados, enquanto os traders tiveram suas posições apagadas.

Depois, a exchange saiu do ar para manutenção por cerca de 25 minutos, e o preço do Bitcoin se recuperou. No entanto, a comunidade de criptomoedas ainda exigia respostas sobre o incidente.

Nesta terça-feira (17), a BitMEX publicou uma explicação sobre o que deu errado na semana passada, alegando dois ataques de negação de serviço (DDoS) perfeitamente cronometrados que “ atrasaram ou impediram as solicitações de e para a plataforma BitMEX, causando interrupção direta em nossos usuários”, diz Arthur Hayes, CEO da BitMEX.

O ataque, no entanto, já havia ocorrido antes:

“Às 02:16 UTC, um botnet iniciou um ataque DDoS contra a plataforma BitMEX. Descobrimos logo depois que esse botnet havia sido responsável por um ataque semelhante, mas sem êxito, há um mês, em 15 de fevereiro”, escreveu Hayes.

Como aconteceu o ataque

Os organizadores do ataque exploraram uma ferramenta de mensagens do site que é usada para consultar bits de dados. Ao fazer a execução ineficientemente, o banco de dados da BitMEX passou a operar em capacidade máxima, pressionando os freios na plataforma.

A empresa admitiu que diagnosticou isso erroneamente como uma “falha de hardware”, resultando em um efeito dominó que, por fim, levou a interrupção da plataforma.

Segundo a exchange, durante o tempo de inatividade, 156 contas acionaram erroneamente paradas de preço. A empresa reembolsou 40.297 XBT (versão da BitMEX do Bitcoin), hoje equivalentes a US$200 mil.

Sem isso o preço do Bitcoin não teria caído?

Obviamente, esse não foi o único motivo da queda no preço do Bitcoin, já que todos os mercados financeiros entraram em colapso em decorrência da nova classificação do Coronavírus como pandemia.

No entanto, é muito provável que o ataque à BitMEX tenha feito o preço cair ainda mais do que deveria.

“Com base em nossos registros de acesso, acreditamos que os atacantes identificaram seu alvo em fevereiro e esperaram o momento em que o ataque causaria maior impacto no mercado”, disse o CEO da exchange.

Na tarde desta terça-feira (17), o preço do Bitcoin está cotado em US$ 5.400.

Leia também: Exchange cobra quase R$ 400 mil em transação de 0.00000001 de criptomoeda

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias