Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Usuários de Bitcoin atentos: Imposto de Renda pode ser adiado pela Receita Federal

Usuários de Bitcoin atentos: Imposto de Renda pode ser adiado pela Receita Federal

imposto-de-renda-receita-federal-criptomoedas-economia-bitcoin-pagamento-

O prazo de entrega do Imposto de Renda de 2020 pode ser adiado pela Receita Federal devido a epidemia do Coronavírus.

De acordo com Joaquim Adir, supervisor do IR, a Receita está analisando a possibilidade, mas ainda não há certeza, conforme publicação do UOL.

Por que adiar?

Com o impacto econômico causado pelo Coronavírus (COVID-19), o governo estuda o possível adiamento da cobrança de impostos. Além disso, a preocupação com a população idosa é um dos motivos que pesa na decisão.

Isso porque, muitas pessoas – idosos, em grande parte – não possuem fácil acesso à tecnologia ou precisam de ajuda para realizar o processo de preenchimento da declaração, que deve ser enviada via computadores ou celulares.

Para isso, muitos precisam sair de casa para buscar ajuda em universidades e sindicatos – conduta fortemente desencorajada no cenário atual de pandemia, principalmente porque a população de idade avançada se encontra no grupo de maior risco para a doença.

Usuários de Bitcoin e criptomoedas

A Receita Federal está monitorando as atividades em corretoras de criptomoedas brasileiras desde o lançamento da Instrução Normativa 1888, lançada em 2019.

Transações envolvendo criptomoedas no Brasil devem ser reportadas mensalmente à Receita, com isenção para compra e venda entre pessoas físicas ou a partir de exchanges fora do Brasil, em valores inferiores a R$30.000 mensais.

Aqueles que conseguirem lucros acima de R$35.000 por mês também devem declarar seus ganhos na aba “Bens e Direitos”.

Se o prazo final para a declaração do IR 2020 for adiado, será uma boa notícia para os investidores de Bitcoin e criptomoedas, que terão mais tempo para preencher o formulário.

Sob análise

“A gente está avaliando […] Não temos certeza ainda do que vai se fazer. A gente só precisa aguardar para ver como vai se comportar isso [o vírus]”, declarou Adir sobre o adiamento.

De acordo com o último balanço da Receita, divulgado na quinta-feira (12), até agora o órgão recebeu 11,8% do total de 32 milhões de documentos esperados. Ou seja, apenas 3,8 milhões de documentos foram enviados até agora.

No caso de perda do prazo, o contribuinte paga uma multa mínima de R$ 165,74 que pode chegar a até 20% do imposto devido no ano.

Até o momento, o prazo atual para o envio da declaração do IR 2020, é 30 de abril. “Ainda falta quase um mês e meio”, apontou o supervisor do IR.

Leia também: Ladrões usaram álcool em gel para roubar R$ 10 milhões em criptomoedas em meio ao pânico

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias