Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Coreia do Sul propõe imposto sobre lucros de criptomoedas

Coreia do Sul propõe imposto sobre lucros de criptomoedas

Coreia do Sul propõe imposto sobre lucros de criptomoedas

O Ministério de Estratégia e Finanças da Coreia do Sul propôs um imposto sobre os lucros obtidos por meio de transações com criptomoedas, conforme reportou o Decrypt

Os reguladores pretendem divulgar a proposta completa apenas em julho e submeter a alteração tributária à assembléia geral da Coreia do Sul em setembro.

De acordo com as leis existentes, a Coreia do Sul não tributa a receita gerada por transações de criptomoedas, diferente dos EUA, Japão, Alemanha e outros.

As autoridades buscam aplicar o padrão de tributação nas transações de criptomoedas que geram lucro. 

O imposto não será aplicado se a transação resultar em uma perda líquida, mas será aplicado igualmente entre cidadãos e residentes estrangeiros. 

As criptomoedas serão tratadas como um ativo, e não como uma moeda. Um pesquisador do Instituto de Imposto Local, Seung-Young Jeong, disse que “se você fizer uma transação P2P, sem passar por troca, existe a possibilidade de evitar a tributação”.

“Mesmo com o rastreamento de IP, se houver um grande número de metas, os custos administrativos aumentarão e será difícil rastrear todos os dias”, afirma o pesquisador.

O mercado cripto na Coreia do Sul está sobre pressão pelas preocupações com o coronavírus, com uma proposta que impediria os moradores de usar produtos DeFi, designando criptomoedas como um ‘ativo de alto risco’. 

Leia também: Leo Stronda divulga robô de trading de empresa proibida pela CVM

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias