Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Em meio a pandemia, CVM registra 163 processos de golpes no Brasil

Em meio a pandemia, CVM registra 163 processos de golpes no Brasil

Em meio a pandemia, CVM registra 163 processos de golpes no Brasil

A pandemia do coronavírus causou uma crise financeira mundial, entretanto, os golpes continuam, no Brasil a CVM emitiu 163 alertas de empresas com ofertas irregulares no mercado financeiro, conforme reportou o Cointelegraph

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM), abriu 163 processos administrativos sobre possíveis ofertas irregulares, a maioria delas são empresas que oferecem rentabilidade garantida por diversos meios, de energia renovável até criptomoedas. 

Existem também plataformas que oferecem negociação em Forex, sem a autorização da CVM, portanto, são ilegais no país.

Os golpes de investimentos não param de crescer, em 2019, foram 33 Stop Orders e em 2018 foram 11. 

Contudo em 2020, apesar dos números ainda estarem em aberto, os alertas enviados pela CVM têm sido constantes, a maioria voltadas para plataforma de Forex. 

A Comissão de Valores Mobiliários proibiu as empresas: IQ Optiion, Sinus Corretora, Pepperstone, Harrison Investimentos, Paladin FX, Start Invest, Capitalia Limited e AVA Trader, todas voltados ao Forex, de acordo com a reportagem. 

O crescimento dos golpes registrados na CVM ressalta também que os brasileiros estão buscando formas de investimentos. 

O aumento no interesse dos brasileiros por investimentos também foi revelado nas exchanges de criptomoedas. 

As exchanges tiveram um aumento de até 30% dos clientes em meio à crise do novo coronavírus, com um aumento de volume de negociações de 84% em março. 

As corretoras de criptomoedas brasileiras movimentaram 395.209 BTCs, cerca de R$ 14 bilhões, entre abril de 2019 e o fim de março de 2020, de acordo com o Cointrader Monitor. 

Leia também: Ratinho se envolve com outra empresa acusada de pirâmide financeira com bitcoin

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias