Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Investidor perde R$1 milhão dos amigos em exchange que Ronaldinho Gaúcho faz propaganda

Investidor perde R$1 milhão dos amigos em exchange que Ronaldinho Gaúcho faz propaganda

ronaldinho gaucho depoimento ministério publico 18k-lblv-investidor-milhão-investimentos

Depois de perder R$1 milhão dos próprios amigos na empresa de investimentos LBLV, na qual o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho é garoto-propaganda, um investidor revelou que está sendo “ameaçado, coagido, humilhado”.

A LBLV, empresa que oferece investimentos em ações do mercado forex com acompanhamento de especialistas, segundo a descrição em seu site, passou a apresentar problemas nos saques em junho de 2019 e foi proibida pela CVM de seguir com a oferta na mesma época.

Em entrevista ao Portal do Bitcoin, o eletrotécnico Eudes de Oliveira, morador de São Paulo, contou o que vem passando há cerca de 1 ano, quando aplicou na US$272 mil (aproximadamente R$1,5 milhão na cotação atual) LBLV.

De acordo com Oliveira, cerca de R$1 milhão (US$190 mil) desse valor veio de amigos, e declara:

“Essa LBLV está acabando com famílias; acabando com sonhos.”

O investidor que começou a colocar valores na empresa antes mesmo do alerta da CVM e da propaganda de Ronaldinho Gaúcho, disse que, até agora, só conseguiu sacar US$98.795 de todo o valor investido.

“Estou sendo ameaçado, coagido, humilhado, e tudo que você imagina”, admitiu Eudes.

O brasileiro conheceu a empresa em setembro de 2018, através de um amigo que o convenceu a depositar US$2.700 dólares nas supostas aplicações em forex ofertadas pela LBLV, aponta a matéria.

Quando os problemas nos saques começaram, Eudes foi informado de que não havia margem para saque e que ele precisava fazer mais depósitos para liberar mais contratos para fazer lucros.

Sem acesso aos seus valores na plataforma, o investidor foi à polícia registrar um Boletim de Ocorrência (BO) naquele mês.

As autoridades identificaram a empresa ‘Imobiliária Rabelo Imóvies’ (hoje ‘Rabelo Atividades de Cobrança e Cadastro Eireli’, ou ‘Pague Fácil’) por meio do CNPJ da conta que Eudes recebia depósitos.

Contudo, o dono da empresa negou o conhecimento da conta e o investidor abriu uma ação que corre na Justiça de São Paulo.

Ronaldinho Gaúcho

Mesmo após os problemas, ainda em fevereiro desse ano, Ronaldinho Gaúcho compartilhou um vídeo promocional da empresa em seu Instagram.

Muitos clientes da LBLV a acusam de golpe, outros alegam que a imagem do ex-astro do futebol os incentivou a confiar na empresa.

Ronaldinho também enfrenta uma ação coletiva de R$300 milhões por associação com a empresa 18K Ronaldinho, acusada de pirâmide financeira com bitcoin.

Leia também: No Brasil, Justiça desenvolve sistema que pode ser usado para bloquear bitcoin e outras criptomoedas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias