Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Alguém acaba de pagar uma taxa de R$12,7 milhões para transferir R$600 em Ethereum (ETH)

Alguém acaba de pagar uma taxa de R$12,7 milhões para transferir R$600 em Ethereum (ETH)

Grayscale-fund-ethereum-trustTaxa-milhoes-eth-transação-criptomoedas-ethereum-defi-finanças-descentralizadas-descentralização-bitcoin

Um dos principais atrativos das criptomoedas são as baixas taxas de transferência, por isso, um acontecimento peculiar está colocando um nó na cabeça da criptocomunidade: Alguém pagou R$12,7 milhões em taxas para transferir cerca de R$600 em ETH.

Um endereço pagou um pouco mais de 10,668 ETH para enviar apenas 0,55 ETH. Nessa ordem.

É isso mesmo que você leu, a taxa foi 21 mil vezes maior que o valor transferido. O fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (10), de acordo com o explorador de blockchain Etherscan.

Alguém acaba de pagar uma taxa de R$12,7 milhões para transferir R$600 em Ethereum (ETH)

O endereço remetente possui mais de 45,000 ETH (cerca R$53,8 milhões) no momento da redação, com mais de 6 mil transações realizadas.

Como apontou o Crypto Potato, milhares de transações acontecem mais ou menos a cada dois minutos, o que sugere se tratar de uma exchange.

A transação paga por uma taxa exorbitante foi registrada no bloco 10237208 minerado pela companhia Spark Pool.

Até o momento da publicação, não foi divulgada uma explicação para a taxa milionária, considerada astronomicamente mais alta que o comum.

De acordo com a Arcane Research, empresa de análise de criptomoedas, essa é, “de longe, a taxa mais alta já paga”.

Alguém acaba de pagar uma taxa de R$12,7 milhões para transferir R$600 em Ethereum (ETH)
Imagem: Gráfico de histórico de taxas na rede Ethereum/Arcane Research

Em publicação no Twitter, a mineradora disse que está investigando o incidente e prometeu que “haverá uma solução no final”.

Teorias

Enquanto o mistério não é solucionado, entusiastas estão criando teorias sobre o ocorrido, apontou o Crypto News.

Entre elas está a teoria de que hackers ou outras entidades podem estar lavando dinheiro através de uma parceria com um minerador.

Outra possibilidade levantada é a de que há um bug no software encarregado dos fundos.

“Provavelmente alguma entidade (uma exchange?) agora está administrando uma reserva fracionária”, disse ‘FollowTheChain.’

Por último, a teoria mais aceita até o momento, é a de que simplesmente houve um erro.

Leia também: Bitcoin será negociável na bolsa de valores alemã

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias