Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Caixa econômica encerra contas de várias exchanges de criptomoedas em poucos dias

Caixa econômica encerra contas de várias exchanges de criptomoedas em poucos dias

caixa econômica fraude estelionato polícia federal
Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

O banco Caixa Econômica Federal, encerrou nos últimos dez dias cerca de 5 contas de exchanges de criptomoedas, conforme reportou o Portal do Bitcoin.

Algumas exchanges estão com o dinheiro preso no banco, após o encerramento das contas. As empresas receberam a notificação de “desinteresse comercial”.

De acordo com Lenno Nascimento, diretor de operações da Citcoin, ele foi surpreendido na sexta-feira (14) com a mensagem de “conta encerrada”.

A exchange Foxbit também teve a conta encerrada sem a explicação devida. Outros empresários de mesa de operações, também confirmaram que a Caixa encerrou suas contas.

O empresário recebeu a notificação do gerente e teve 15 dias para retirar o saldo da conta, já o outro teve a conta bloqueada com um valor de R$100 mil preso. 

O diretor de operações da Citcoin, Lenno, contou que “estava fazendo uma venda de bitcoin na OTC, então enviei para o meu cliente a conta da Caixa Econômica para ele fazer o depósito, mas quando fui acessar a conta vi que ela estava encerrada”.

A mesma mensagem pedia para ele procurar a agência, entretanto, o gerente não conseguiu explicar o motivo do encerramento da conta. 

Não é a primeira vez que a Caixa Econômica encerra contas de exchanges sem aviso prévio. 

Em novembro de 2019, a caixa encerrou a conta da corretora Bitcambio, sem explicação e a exchange manteve sua conta no Santander somente por liminar concedida pela Justiça do Rio de Janeiro.

A Bitcambio corria até o risco de “encerrar suas atividades por não ter mais conta bancária”, segundo o comunicado da Citar Tech.

A exchange Pagcripto também teve sua conta encerrada pela Caixa Econômica Federal no mesmo dia em que a Bitcambio. 

O fundador da exchange Pagcripto, Carlos Lain, afirmou que não houve aviso prévio sobre o cancelamento do contrato. 

A empresa não será tão afetada quanto a Bitcambio, pois ainda possui conta nos bancos Brasil Plural, Bradesco, Santander e Neon.

Leia também: Técnico de TI rouba R$192 mil em criptomoedas de empresa que trabalhava

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias