Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Assaltantes tentam explodir agências da Caixa e Banco do Brasil na Paraíba contra 40 PMs

Assaltantes tentam explodir agências da Caixa e Banco do Brasil na Paraíba contra 40 PMs

Assalto-bandidos-caixa-economica-bando-brasil-paraiba-pb-pm-policia-militar-explodir-explosivos-armas-tentativa-roubo-areia-gate
Imagem: Policiais durante a ação contra os bandidos em Areia, PB / Reprodução.

Agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil foram alvo de ataque a madrugada de ontem (17), na Paraíba-PB, quando assaltantes fortemente armados tentaram explodir os locais.

Os bandidos entraram em um intenso confronto com cerca de 40 agentes da Polícia Militar (PM) por volta de 3h da manhã no município de Areia, no Brejo paraibano.

De acordo com as autoridades, os criminosos tentaram explodir duas agências das instituições bancárias e estavam equipados com armas de grosso calibre, munições, coletes, explosivos, uma caminhonete e uma moto.

Polícia estava preparada

A PM informou que o grupo espalhou grampos ao redor da cidade e teriam derrubado árvores por onde passaram, numa tentativa de impedir o acesso da polícia.

Contudo, o município foi cercado numa ação com cerca de 40 policiais do 15° Batalhão, junto com o GATE, BOPE e outros, antes mesmo da chegada dos bandidos, segundo reportagem da Globo.

Durante a troca de tiros na madrugada, seis suspeitos morreram e outros foram presos.

De acordo com o major Benevides, os bandidos são de São Paulo, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraíba.

O especialista em explosivos saiu do estado de São Paulo, disse Benevides, que acrescentou que o homem foi baleado, mas está preso e fora de risco.

O major informou também que foi a Polícia Federal quem deu a dica sobre o crime, avisando que bandidos “acostumados a cometer delitos contra bancos” estariam na área.

Semelhança com outras tentivas de roubo

Há pouco mais de um mês, em maio deste ano, um grupo de 40 criminosos explodiu uma agência do Banco do Brasil e destruiu a base da PM, na cidade de Ourinhos, no interior de SP.

A ação muito bem organizada contou com drones para monitorar a chegada das autoridades, além de derrubarem a internet da cidade.

Os bandidos carregavam armas capazes de derrubar até helicópteros e parte do grupo conseguiu fugir levando uma quantia.

Em 2019, houve um ataque semelhante à uma agência da Caixa Econômica Federal, em Botucatu-SP, na qual criminosos explodiram o cofre do banco com dinamite.

Leia também: IOTA, Monero e Dogecoin no top 10 de criptomoedas mais procuradas do mundo, confira a lista

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias