Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Fugaku: Conheça o super computador do Japão considerado o melhor do mundo

Fugaku: Conheça o super computador do Japão considerado o melhor do mundo

Supercomputador-fugaku-super-computador-japao-japones-amr-recorde-ranking-top500-tecnologiarm

Você já ouviu falar do Fugaku? Este super computador japonês foi eleito por um grupo internacional de especialistas no setor como o melhor do mundo em 4 de 6 áreas.

O equipamento produzido em parceria entre Riken e Fujitsu, recentemente começou a ser usado para pesquisas sobre o novo coronavírus (covid-19) devido à sua alta potência.

Localizado no centro de pesquisas da Riken, na província de Kobe, no Japão, o Fugaku foi registrado pela primeira vez para uma competição internacional, a Top500 HPL, e impressionou os especialistas que se reúnem a cada meio ano para anunciar os avanços dos quinhentos super computadores mais rápidos do mundo.

Para se ter uma ideia, essa foi a primeira vez em 9 anos que um super computador japonês conquistou a primeira colocação em uma área.

A corrida geralmente fica entre China e EUA, que atualmente têm 226 e 114 super computadores na lista, respectivamente, contra apenas 30 do Japão, apontou o Oficina da Net.

Mas nesse caso, foram quatro áreas vencidas pelo Fugaku, o que soma outro recorde conquistado, pois, até agora, nenhum outro super computador havia liderado os quatro rankings de uma só vez.

Ele alcança uma velocidade aproximadamente 2,8 vezes maior do que a do norte-americano “Summit”.

São 415,53 petaflops do Fugaku contra 148,6 petaflops do Summit. Vale ressaltar que um pentaflop corresponde a um trilhão de operações por segundo.

O sistema utiliza o chip A64FX de 48 núcleos da Fujitsu e marca a história como o primeiro computador baseado em processadores ARM a obter o topo da lista.

Na capacidade de cálculo, o super computador japonês ficou em primeiro lugar, superando em 3 vezes o antigo detentor do título.

Outra área importante em que o Fugaku se destacou foi métodos de cálculo, técnica muito usada para criar simulações de fenômenos naturais, capacidade de aprendizado para inteligência artificial e Big Data.

Seus criadores pretendem usar o super computador para ajudar a solucionar problemas sociais. O primeiro desafio dele é contribuir com as pesquisas contra a COVID-19.

Leia também: Com 500 satélites em órbita, Elon Musk busca voluntários para testarem sua internet Starlink

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias