Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ethereum 2.0 processará 100 mil transações por segundo, diz Vitalik Buterin

Ethereum 2.0 processará 100 mil transações por segundo, diz Vitalik Buterin

vitalik-buterin-ethereum-exodus-htc-monero-xmr-criptomoedas-mineração-minerar-moeda-digital-smartphone

De acordo com Vitalik Buterin, cofundador da Ethereum, a tão esperada atualização da rede para sua versão 2.0 a tornará capaz se processar 100 mil transações por segundo.

A Ethereum 2.0 foi projetada para melhorar a escalabilidade e o desempenho da blockchain, à medida que passa do mecanismo de consenso de prova de trabalho (PoW) para prova de estaca (PoS).

Os desenvolvedores estão trabalhando continuamente na atualização da rede, embora, segundo Buterin, a mudança para o ETH 2.0 não acontecerá da noite para o dia e ainda deve levar algum tempo.

Apesar da data de lançamento ainda ser incerta, o cofundador da Ethereum disse no Twitter que a nova versão acabará levando ao dimensionamento da rede com os recursos para lidar com 100.000 transações por segundo (TPS).

De acordo com Buterin, a Ethereum provavelmente dependerá de rollups à medida que a rede passar para o ETH 2.0, o que significa que as soluções de segunda camada aumentarão a velocidade da rede antes que as atualizações sejam implementadas diretamente na blockchain.

A atualização será implantada em fases:

“A escala ETH2 para dados estará disponível * antes * da escala ETH2 para computação geral. Isso implica que os rollups serão o paradigma de escala dominante por pelo menos alguns anos: primeiro ~ 2-3k TPS com eth1 como camada de dados, depois ~ 100k TPS com eth2 (fase 1)”, declarou Buterin.

Em maio, o coordenador da ETH 2.0 testnet, Afri Schoedon, disse  que, com base no progresso atual do projeto, a fase 0 provavelmente acontecerá no final deste ano ou no início de 2021. A fase inicial lançará a beacon chain que implementará a prova de participação.

O lançamento da rede inicialmente estava marcado para começar em janeiro, mas os pesquisadores o atrasaram.

Recentemente, Buterin rebateu as críticas contra a demora no lançamento da nova versão da rede, e disse que se arrepende das deficiências da Ethereum 1.0.

Por fim, declarou:

“Fazer melhor agora vai, de fato, recompensar por décadas”, concluiu.

Leia também: EUA discute dólar digital baseado em blockchain durante audiência do Comitê Bancário do Senado

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias