Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Um dos maiores bancos da Coreia do Sul vai custodiar criptomoedas para investidores institucionais

Um dos maiores bancos da Coreia do Sul vai custodiar criptomoedas para investidores institucionais

Um dos maiores bancos da Coreia do Sul vai custodiar criptomoedas para investidores institucionais

Um dos maiores bancos comerciais da Coreia do Sul, NH Bank, disse que está trabalhando em uma plataforma de serviços de custódia para investidores institucionais, conforme reportou o Cryptonews.

O NH Bank, indicou que está trabalhando com vários provedores de serviços de ativos virtuais em seu novo plano de custódia de criptomoeda, provavelmente com algumas das maiores exchanges de criptomoedas do país. 

Os novos serviços da NH Bank envolve também, serviços de armazenamento e gerenciamento de chaves cripto.

A medida parece indicar que os bancos sul-coreanos estão finalmente prontos para retomar seus planos de criptomoedas, mais de dois anos depois de uma mudança radical na política do governo. 

Contudo, em Seul, parece estar mudando mais rápido após o parlamento aprovar a primeira legislação do país, relativamente pró-negócios, específica para criptomoedas. 

O NH Bank comentou que deseja lançar operações de “ecossistema” de criptomoeda e falou sobre seus planos de longo prazo, que incluem a oferta de serviços de custódia ao banco central da Coreia do Sul, o Bank of Korea (BOK) para o próximo CBDC.

O BOK ainda está confirmando se realmente lançará um decreto digital, mas está avançando com a preparação para um lançamento piloto, caso decida que o país precisa de um CBDC.

Em documento de estratégia divulgado pelo BOK, mostrou que o Banco Central da Coreia está com planos de médio e longo prazo para a criação do CBDC. 

Apesar das diversas alegações anteriores do BOK de que “não há necessidade urgente” de uma criptomoeda do banco central, o jornal local afirma que o tom do novo documento é marcadamente diferente.

“Alguns bancos centrais estão promovendo a introdução de CBDCs, e o setor privado também está expandindo seu uso de fintech, moedas digitais e aplicativos de pagamento / liquidação. Precisamos responder ativamente a todas essas mudanças”, de acordo com o documento.

Há relatos de que os bancos sul-coreanos estão com planos de negócios relacionados a criptomoeda a longo prazo. 

O rival do NH, Shinhan Bank, havia falado sobre os planos para abrir uma ampla rede de serviços de custódia de criptomoeda antes de janeiro de 2018. 

Contudo, o setor financeiro sul-coreano deve seguir o exemplo com mais ofertas compatíveis com criptomoeda nos próximos meses.

Leia também: Ethereum 2.0 processará 100 mil transações por segundo, diz Vitalik Buterin

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias