Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Paulo Guedes pretende criar imposto para transações digitais, incluindo BTC

Paulo Guedes pretende criar imposto para transações digitais, incluindo BTC

Paulo Guedes pretende criar imposto para transações digitais, incluindo BTC
Reprodução/ O Globo

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender neste domingo (05), a criação de um imposto sobre as transações digitais, inclusive para o bitcoin. 

De acordo com a declaração do ministro, isso não seria uma nova CPMF, para compensar a perda de receita, conforme reportou o Cointelegraph.

Guedes, também pretende criar um imposto sobre dividendos, pois “não é razoável nem socialmente justo que alguém que vive de capital pague zero de Imposto de Renda sobre dividendos, enquanto o trabalhador paga até 27,5%”, afirmar o ministro.

Na proposta de Guedes todas as transações digitais devem pagar imposto. 

Isso inclui não apenas as operações de cash-out com bitcoin, como também pode incluir as operações de compra e venda de bitcoin dentro das exchange. 

A proposta surgiu em 2019, segundo Guedes a intenção não é criar mais imposto e sim fazer uma substituição. 

O ministro culpou os 35 anos de economia social-democrata, desde a redemocratização e os cinco últimos anos de dirigismo econômico da ditadura militar. 

De acordo com o Guedes “é preciso experimentar reforma tributária liberal-democrata”. 

Entretanto, por mais que o ministro tenha voltado a abordar o tema e defendido a criação do imposto, a proposta não tem consenso no Governo Federal.

O presidente Jair Bolsonaro já declarou que é contra a ideia e que ela deve ser vetada. 

“Prefiro deixar o Paulo Guedes decidir o que é melhor, mas criar um novo imposto não existe. Você pode inventar até um novo nome para acabar com outros, substituição, mas não criar um novo imposto”, declarou Bolsonaro sobre a proposta.

Tanto o Senado quanto a Câmara já avisaram que a proposta de Guedes não tem respaldo dos legisladores e se for apresentada da forma como está hoje, deve ser reprovada em ambas as casas.

Leia também: Santander e mais 15 Bancos europeus se unem para acabar com dinheiro físico

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias