Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Robinhood segue em alta mesmo após suicídio de trader e passa a valer US$8,6 bilhões

Robinhood segue em alta mesmo após suicídio de trader e passa a valer US$8,6 bilhões

robinhood-day-trader-criptomoedas-bitcoin-suicídio-saldo-negativo-comprar-investir-investimento-plataforma-robin-hood

O aplicativo de investimentos e compra e venda de criptomoedas, Robinhood, ganhou popularidade entre os jovens e não deixou de crescer mesmo após a tragédia que chocou o mundo, envolvendo o suicídio de um day trader de 20 anos, Alexander Kerns, que operava na plataforma.

Segundo anúncio na segunda-feira (13), a Robinhood agora vale US$8,6 bilhões (R$46 bilhões) depois de captar outros US $ 320 milhões em uma rodada de financiamento que teve início em maio.

Com isso, a empresa mais do que dobrou seu montante de financiamento da Série F.

O valor vem de investidores novos e existentes, e as empresas TSG Consumer Partners e a IVP foram citadas como as principais investidoras, segundo a Robinhood em uma atualização em seu blog.

Em maio, a plataforma de investimentos anunciou que havia levantado uma rodada de financiamento da Série F de US $ 280 milhões liderada pela Sequoia Capital, com a participação de empresas como NEA, Ribbit Capital, 9Yards Capital e Unusual Ventures.

Ao todo, essa rodada agora chegou a US$600 milhões e a Robinhood passa a ser avaliada em US$8,6 bilhões, numa crescente desencadeada pela pandemia do COVID-19.

Nem tudo são flores

Embora o aplicativo tenha se tornado um dos favoritos de investidores jovens e iniciantes devido à facilidade para abrir uma conta e começar a negociar, muitas críticas têm sido direcionadas à plataforma.

Investidores se queixaram de diversas quedas no sistema durante horários de pico de negociação, principalmente durante as principais flutuações do mercado de ações.

Em adição, o caso que ocorreu no mês passado, no qual Alex Kearns pensou ter um saldo negativo de US$730 mil ao negociar opções em sua conta, levando-o a tirar sua própria vida em um momento de desespero.

O jovem deixou um bilhete para a família onde diz que “não tinha deia do que estava fazendo” e que jamais havia “pretendido aceitar um risco desse tamanho”.

Contudo, na verdade havia um saldo positivo de US$16 mil em sua conta, mas a interface do aplicativo deu a entender que se tratava de um prejuízo gigantesco para o trader, trazendo à tona os riscos da recente explosão das operações de investimentos por pequenos investidores.

Após a tragédia, a Robinhood anunciou que faria melhorias em suas mensagens e e-mails no aplicativo, além de alterações na página de histórico.

Vlad Tenev e Baiju Bhatt, cofundadores e co-CEOs da plataforma, escreveram um post para expressar pêsames pela “confusão”, além de doarem, através da Robinhood, US$ 250.000 à Fundação Americana para Prevenção do Suicídio.

Leia também: Mais de US$24 milhões em bitcoin já foram roubados em 2020, dizem analistas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias