Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Hackers atacam empresa de comunicação argentina e exigem R$40 milhões em Monero

Hackers atacam empresa de comunicação argentina e exigem R$40 milhões em Monero

Hackers atacam empresa de comunicação argentina e exigem R$40 milhões de Monero

Hackers atacaram a Telecom SA, empresa de telecomunicação da Argentina, e exigem pagamento de R$40 milhões em Monero. 

O prazo para o pagamento vai até terça-feira (21), e caso a empresa não cumpra o prazo, os hackers prometem aumentar o valor para R$80 milhões, conforme reportou o Cryptonews.

Além de exigir o resgate em Monero, os invasores deixaram ainda o link para comprar a criptomoeda focada em privacidade.

O ataque de ransomware não afetou os usuários e nem os serviços de internet e telefone fornecidos pela Telecom Argentina. 

A empresa perdeu o acesso aos arquivos do Office e OneDrive. Outros sistemas internos também foram afetados incluindo VPN corporativo.

De acordo com especulações nas mídias sociais, o ataque provavelmente veio através de um anexo em um e-mail e que a intenção era atingir o gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM) da empresa.

A empesa disse que estava procurando uma solução viável o mais rápido possível, segundo um memorando interno para os funcionários vazado.

A Telecom Argentina SA ainda não divulgou nenhuma declaração oficial sobre o ataque hacker. 

De acordo com os relatos locais, o ataque começou na quarta-feira (15), quando os funcionários começaram a perceber problemas ao acessar os bancos de dados da empresa.

Estimativas preliminares indicam que o ataque pode impactar as operações diárias de pelo menos 18.000 equipes.

“Incidente massivo

Mensagem de suporte de TI de telecomunicações para alguns funcionários. #Ransomware”

O ransomware é um tipo de malware que visa criptografar arquivos em computadores infectados e os torna inacessíveis até que o pagamento seja realizado. 

Mesmo após o pagamento, não há garantias de que os hackers vão desbloquear os arquivos. 

O grande diferencial da Monero (XMR) é o fato de ser anônimo. A criptomoeda está sendo cotada atualmente em R$371.

Leia também: Para historiador o bitcoin se comportará cada vez mais como ouro digital

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias