Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Ethereum poderá ultrapassar o bitcoin como principal criptomoeda do mundo, questiona analista

Ethereum poderá ultrapassar o bitcoin como principal criptomoeda do mundo, questiona analista

Ethereum poderá ultrapassar o bitcoin como principal criptomoeda do mundo, questiona analista

Desde que foi lançada, o Bitcoin tem sido a principal criptomoeda no mercado e também o primeiro ativo digital descentralizado.

Desde então, o BTC continua sendo a moeda mais popular, mais comentada, mais valorizada e mais capitalizada do mercado. 

Apesar de existirem vários tokens internacionais e acidentais que criaram diversas versões do bitcoin, supostamente com benefícios em torno da velocidade de processamento de transações.

Entretanto, alguns analistas de criptomoedas estavam prevendo um evento conhecido como “Flippening”, que seria o ponto em que a Ethereum superaria o bitcoin como a criptomoeda mais valorizada e capitalizada do mundo. 

Os analistas acreditam em grande parte que a Ethereum provavelmente estimulará a mudança no mercado, uma vez que aumento 3.000% este ano sem sinais de desaceleração, conforme reportagem do Coindesk.

O valor de mercado da Ethereum tem se aproximado constantemente do bitcoin. Enquanto alguns analistas se concentram na promessa da Ethereum, outros enfatizam as dificuldades percebidas pelo bitcoin ultimamente como porque esse desenvolvimento pode ser provável. 

O bitcoin ainda está preso no dilema da ‘escala’ segundo Marius Rupsys, trader e co-fundador da InvoicePool, startup de fintech, “se algum tipo de acordo fosse alcançado, o bitcoin poderia recuperar muito o seu domínio”. 

Enquanto a comunidade do bitcoin não encontra a solução, a Ethereum se beneficia da situação. Rupsys espera que a capitalização do mercado da Ethereum, ou o valor total de seu suprimento de tokens disponível ultrapasse o bitcoin.

“O Ether aprendeu e tem menos problemas – além de um roteiro abrangente e coerente (mais ou menos) daqui para frente. Ele também tem liderança. Bitcoin não tem nada disso. E as vantagens de quem se move primeiro se dissipam se não continuarmos inovando”, declara Rupsys.

Segundo o The Merkle, é difícil até estabelecer uma métrica de como uma criptomoeda pode ultrapassar outra. Contudo, se olharmos para a capitalização de mercado, não parece haver muita chance de um “flippening” acontecer tão cedo.

Além disso, a Ethereum é mais que ser apenas uma criptomoeda. É uma grande rede de computadores que pode ser utilizada para aplicativos descentralizados e até permite que os desenvolvedores criem suas próprias criptomoedas sobre sua blockchain. 

Independentemente do seu preço de venda, a Ethereum já tem valor para o mundo das criptomoedas e da blockchain. 

Não se sabe ainda se a criptomoeda competirá com o Bitcoin pelo preço da fama e valor de mercado.

Leia também: Sem dinheiro, Banco Central pede R$437 milhões ao CMN para imprimir novas cédulas

Curta o Criptonizando no Facebook, Instagram, Twitter e Telegram para ficar por dentro de tudo que acontece no Mercado Cripto.

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Últimas Notícias